Filhote de macaco fica órfão após se perder da mãe durante queimada

Filhote de macaco fica órfão após se perder da mãe durante queimada
Macaco foi resgatado após se perder da mãe durante queimada — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Além da vegetação destruída pelas queimadas, os animais também têm sido vítimas dos incêndios florestais no estado. Muitos morrem tentando escapar das chamas e outros acabam ficando órfãos. No início desta semana um filhote de onça pintada foi encontrado morto com as patas e orelhas queimadas. Outro exemplo é um filhote de macaco bugio, que foi resgatado após se perder da mãe durante uma queimada.

VÍDEO: Animais têm sido vítimas constantes das queimadas no Tocantins

O Tocantins registrou quase sete mil focos de queimadas só esse ano. O número é 20% maior do que no mesmo período de 2020. Os animais silvestres e até de fazendas têm sido as principais vítimas e aqueles que conseguem fugir das chamas sofrem com as consequências.

O clima seco, os ventos fortes e a vegetação que contribuem para que agosto e setembro sejam meses mais críticos quando se trata de fogo.

“Nós temos um déficit hídrico onde neste ano nós tivemos apenas 1.270,6 milímetros de chuva com destaque para o mês de fevereiro. Os demais meses muito abaixo do normal, com isso a vegetação secou e os incêndios estão aumentando”, disse o coordenador da Defesa Civil de Talismã, João Carlos.

Nem sempre conseguir se livrar das chamas é sinônimo de sobrevivência garantida para os animais. Pois depois que o fogo acaba deixa para trás uma vegetação destruída e os animais sem abrigo ou alimento, muitos deles feridos na fuga.

No Centro de Fauna do Tocantins (Cefau) em Palmas, onde animais silvestres resgatados passam por reabilitação, um filhote de macaco bugio recebeu abrigo depois de se perdeu da mãe durante uma queimada na região de Gurupi. O filhote de quase cinco meses não vai mais poder voltar para natureza.

“Quando o fogo passa causa uma grande devastação. Com isso ocorre também a diminuição dos alimentos desses animais, tanto a parte carnívora que os animais promovem fuga, como a parte herbívora dos animais que comem frutas. Também existem muitas sequelas nos animais provocadas pelas queimadas, sejam elas pulmonares ou queimaduras. Outros animais, na época de reprodução, a fêmea promove a fuga deixando para trás alguns filhotes”, disse o veterinário do Cefau, Gabriel Rocha Freitas de Campos.

Filhote de onça-pintada é encontrado morto na zona rural de Peixe — Foto: Divulgação
Filhote de onça-pintada é encontrado morto na zona rural de Peixe — Foto: Divulgação

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.