Filhote de peixe-boi é encontrado encalhado na praia de Icapuí, CE

Filhote de peixe-boi é encontrado encalhado na praia de Icapuí, CE

Por Cinthia Freitas

CE icapui peixeboi1

Um filhote de peixe-boi encalhou na praia de Melancias, município de Icapuí, divisa do Ceará com o Rio Grande do Norte, na manhã deste domingo, 25.

O animal, de aproximadamente 1,2 metros, foi encontrado por populares por volta das 8h, com várias escoriações pelo corpo.

Uma equipe do projeto Monitoramento Cetáceos da Costa Branca, da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), foi acionada e realizou os procedimentos imediatos de estabilização do animal. De acordo com o coordenador do projeto, o biólogo Flávio Lima, o filhote foi retirado da praia e protegido do sol, além de receber hidratação via oral e alimentação com leite especial.

CE icapui peixeboi2

Para o biólogo, os sinais de escoriações no corpo do animal são consequências do atrito com pedras, dentro do mar, já que o filhote ainda não consegue ter controle com a força das ondas.

Após o resgate, o mamífero foi encaminhado para o Centro de Reabilitação do Programa de Conservação de Mamíferos Marinhos, da ONG ambiental Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis), responsável pela recuperação e monitoramento desses animais resgatados no litoral cearense.

O filhote deve passar agora por um período de reabilitação, até ser devolvido para o mar.

O peixe-boi marinho é uma espécie em extinção. A divisa entre o Ceará e o Rio Grande do Norte é a área de maior ocorrência de encalhe de filhotes dessa espécie, segundo a Aquasis.

Em 2014, o número de encalhes de mamíferos marinhos no litoral cearense, incluindo área Leste, Oeste, Região Metropolitana de Fortaleza e divisa do Estado, foi de 68, sendo 63 cetáceos ( entre golfinhos e baleias) e cinco peixes-bois.

Serviço:

Resgate de animais encalhados

Projeto Monitoramento Cetáceos da Costa Branca

(84) 8843-4621

Fonte: O POVO Online

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.