Filhote é arremessado sobre muro e morre em Americana, SP

Por Thomaz fernandes

Uma auxiliar de 26 anos prestou queixa na tarde de anteontem depois que seu cachorro, de 45 dias de vida, foi arremessado por cima do muro de seu quintal, na manhã de sábado.

Segundo a auxiliar relatou à polícia, o filhote é uma das crias da cadela que mora ao lado da casa dela, na Nilsen Ville, em Americana, e como ainda estava amamentando, o cachorrinho costumava fugir para a casa vizinha todos os dias, em busca da mãe.

Na manhã de sábado, disse ela à Polícia Civil, o animal fugiu e instantes depois a filha da auxiliar, uma garota de 7 anos, viu o animal sendo arremessado por cima do quintal.

O animal caiu e morreu na hora em função do impacto. A auxiliar ainda tentou salvá-lo, mas não conseguiu. Ela informou à Polícia Civil que comunicou o caso à vizinha, dona da mãe do filhote.

Ainda segundo o boletim de ocorrência, uma criança da rua, que disse ter visto a hora do arremesso, disse ter visto um homem pegando o filhote e arremessando-o no quintal da casa da auxiliar geral.

O caso foi registrado como crueldade animal e o delegado de plantão determinou que o crime seja investigado.

Fonte: Todo Dia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.