Filhotes de gambá perdem mãe e são salvos por protetores em São José do Rio Preto, SP

Filhotes de gambá perdem mãe e são salvos por protetores em São José do Rio Preto, SP

Animais estavam em cima da mãe, encontrada morta por moradores. Protetores cuidam dos filhotes dando mamadeiras de leite comum.

SP RioPreto gambas perdem mae

Três filhotes de uma gambá foram encontrados abandonados em frente a uma escola de São José do Rio Preto (SP). Um morador do bairro passou pelo local e fotografou a cena. As imagens dos filhotes se espalharam pelas redes sociais nesta semana e fez com que protetores de animais fossem ao local resgatá-los.

De acordo com um dos protetores, Kelsen Arioli, de 36 anos, os filhotes estavam em cima da mãe, encontrada morta. Arioli diz que os bichinhos estão sendo alimentados a cada meia hora com mamadeiras de leite comum. “Eles estavam bem fraquinhos quando chegaram, mas estão se recuperando bem.”

O protetor até deu nome para os filhotes: Claudinha, Aninha e Fabinho, os mesmos nomes dos outros protetores que o ajudaram a resgatar os filhotes. Como Arioli mora em uma chácara, na Vila Azul, em Rio Preto, disse que assim que os animais estiverem maiores e prontos para serem inseridos na natureza, ele irá soltá-los na propriedade.

Segundo as informações da Policia Ambiental, esse tipo de ocorrência é comum e tem acontecido diariamente com gambás na região. Segundo os policiais, nessa época do ano, por causa do forte calor, esses animais, que vivem em tocas e bueiros, saem em busca de água e alimentos.

A Polícia Ambiental diz que como a maioria da população não tem informações corretas sobre essa espécie, muitos agridem e até matam estes animais. Os policiais alertam que gambás são animais silvestres e devem ser preservados. Maltratar gambás pode dar multa de até R$ 3 mil por animal e em caso de morte do animal o valor da multa dobra.

Caso alguém encontre um animal desses dentro de casa ou em comércios da região, a orientação é ligar para a Polícia Ambiental ou para o Corpo de Bombeiros (193), que têm autorização para resgatar e dar destino adequado aos animais.

SP RioPreto gambas perdem mae2

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.