Filhotes recém-nascidos de cães são abandonados dentro de balde em São João Batista, SC

Filhotes recém-nascidos de cães são abandonados dentro de balde em São João Batista, SC
Foto: Cristiéle Borgonovo

Uma verdadeira crueldade, foi assim que moradores da rua João Leonor Ceccato, a rua fica ao lado do acesso a Sociedade Recreativa Banda Musical, no bairro Carmelo, em São João Batista descrevem a cena presenciada na manhã de domingo, 24. Ao sair de casa para procurar um brinquedo que havia perdido, uma menina encontrou na rua, dentro de um balde cinco filhotes cachorros recém-nascidos abandonados. Sobre o asfalto e sob o som escandente os animais já estavam fracos e quase sem vida.

Após mobilização dos moradores no fim da manhã conseguiram encontrar uma pessoa tutora de uma cachorra que estava amamentando para poder alimentar os filhotes. Em busca por câmeras de segurança na redondeza foi identificado um carro, um Ford/Focus de cor branca ou prata (não ficou nítida a cor, pois a filmagem é preto e branco) abandonando os animais por volta da 20h de sábado, 23. A placa do carro também não é nítida, porém outros moradores também possuem câmeras de segurança e serão consultadas as imagens na segunda-feira, 25, e registrado o B.O – Boletim de Ocorrência.

A família que encontrou os filhotes pede ajudar para que, após o desmame os mesmos possam ser doados a tutores responsáveis.

Abandonar animais é crime

É caracterizado como crime de maus-tratos, abandonar, ferir, mutilar, falta de higiene, não disponibilizar ao animal abrigo do sol ou chuva, não alimentar e dar água, e negar assistência veterinária.

De acordo com a Lei 9.605/98, artigo 32, a pena para quem comete o crime de maus-tratos aos animais, prevê três meses a um ano de detenção, e recentemente a pena para violência contra cães e gatos, aumentou de 2 a 5 anos de prisão.

A pena é aumentada de um sexto a um terço se o crime causar a morte do animal.

Por Cristiéle Borgonovo

Fonte: Olho Vivo