Filhotes resgatados de maus-tratos, em Maringá (PR), estão em clínica e só poderão ser adotados depois de tramitação judicial

Filhotes resgatados de maus-tratos, em Maringá (PR), estão em clínica e só poderão ser adotados depois de tramitação judicial
Depois de receberem os cuidados necessários, filhotes serão colocados para adoção. — Foto: Prefeitura de Maringá/Divulgação

Os filhotes de cachorro encontrados em situação de maus-tratos em uma casa em Maringá, no norte do Paraná, só poderão ser adotados após tramitação judicial.

Vídeo: Filhotes de cachorros abandonados vão pra clínica e esperam por adoção.

Dezesseis cães foram resgatados na terça-feira (21), e o responsável pelo local foi identificado e multado em R$ 28 mil.

Depois da exibição da reportagem sobre o resgate, a RPC recebeu muitas mensagens de pessoas interessadas em adotar os filhotes. Mas, a Prefeitura de Maringá explicou que o dono dos animais tem um prazo de dez dias para recorrer.

Por enquanto, os cachorros ficam na clínica de bem-estar animal para onde foram levados. Apenas depois desse prazo é que eles vão para adoção.

Entre os cães resgatados, há 13 filhotes das raças boxer e labrador. Eles estavam muito magros em um espaço fechado e sem higiene. 

Denuncie
 
Em Maringá, existe uma lei para quem comete crime de maus-tratos a animal. A multa é de R$ 2 mil por cada bichinho.

O telefone para denúncias é o 156.

Filhotes estavam muito magros e viviam trancados em um cômodo — Foto: Prefeitura de Maringá/Divulgação

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.