Filhotes são achados 'agarrados' a corpo de mãe gambá morta em SP

Filhotes são achados ‘agarrados’ a corpo de mãe gambá morta em SP

Seis filhotes de gambá foram resgatados com vida após a mãe ser atropelada e morrer em Guarujá, no litoral de São Paulo. Eles foram encontrados agarrados na gambá fêmea, sendo que dois ainda permaneciam dentro da bolsa ventral, onde eles ficam logo após o nascimento.

O porteiro Gilmar José dos Santos conta que estava correndo, junto com a esposa, no morro da Campina, na manhã desta quarta-feira (30). Na descida do morro, ele avistou um gambá em uma região de mata. Dois homens já estavam prestando socorro ao animal.

“Um policial chegou perto dele e ficamos em quatro pessoas. A mãe já estava morta. Achamos que algum carro passou em cima dela porque havia sangue na pista. Ela deve ter se arrastado até o mato e morreu. Os filhotinhos estavam grudados nela”, disse o morador.

Dois filhotes estavam na bolsa ventral (marsúpio), onde ficam as mamas. Ali, os filhotes vivem durante o primeiro período de desenvolvimento. Outros filhotes, segundo o morador, também permaneciam agarrados à mãe, porém, na região externa.

“Um carro deve ter passado por cima dela, mas não chegou a pegar nos filhotes. Uns estavam fora, espalhados, mas grudados nela. Minha mulher já trabalhou em petshop e conseguiu fazer o resgate deles. Ela os tirou de dentro da barriga dela e grudados ao corpo”, conta o porteiro.

Os filhotes foram levados à base do Grupamento de Defesa Ambiental de Guarujá, em Guarujá. Os animais foram encaminhados para o Centro de Pesquisa e Triagem de Animais Silvestres (Ceptas) em Cubatão, para atendimento médico veterinário. Segundo os agentes, eles vão precisar de um cuidado especial para se alimentar até ficarem maiores.

Gambá fêmea foi encontrada morta, mas filhotes resistiram após suposto atropelamento em Guarujá, SP — Foto: Gilmar dos Santos

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.