Foie Gras: Vídeo chocante mostra centenas de patinhos sendo jogados vivos em um triturador

Foie Gras: Vídeo chocante mostra centenas de patinhos sendo jogados vivos em um triturador

Por Ian Hughes / Tradução de Igor Leutz

FRANCA Hundreds-of-fluffy-yellow-ducklings-on-conveyor-belt

AVISO: Este vídeo contém cenas que podem ser consideradas perturbadoras por algumas pessoas. As imagens ilustram o destino de aproximadamente 40 milhões de patos e gansos (de acordo com relatório abaixo).

Assista ao vídeo clicando aqui .

Um vídeo perturbador, divulgado por militantes dos direitos animais, mostra o que supostamente seriam trabalhadores de uma fábrica de foie gras jogando patinhos vivos em um moedor industrial.

De acordo com relatório da Newsweek, o vídeo ilustra o destino de aproximadamente 40 milhões de patos fêmeas anualmente.

Somente os patos do sexo masculino são mantidos pela fábrica, pelo fato de adquirirem peso mais rápido do que as fêmeas.

Então, eles são utilizados para a fabricação do polêmico alimento e os restos das fêmeas, por sua vez, são utilizados em alimentos para gatos, fertilizantes e também pela indústria farmacêutica.

O vídeo foi gravado pelo grupo de defesa dos direitos animais francês L214, em uma fazenda de foie gras não identificada em Landes, sudoeste do país de origem do grupo.

Ele mostra a triagem de milhares de patinhos feita por cinco trabalhadores, revelando que os patos do sexo feminino são atirados em um grande cilindro metálico.

Os animais indefesos têm poucos dias de vida e podemos ouvir seus grasnados durante todo o calvário ao qual são submetidos.

Após serem descartados, os patinhos parecem cair em uma segunda esteira-transportadora que, supostamente, guia-os à morte morte.

O processo de obtenção do foie gras é tão cruel que sua produção foi terminantemente proibida na Grã-Bretanha, mas as importações da França e outros países não são submetidas a um controle rígido.

Por ano, somente na França, 38 milhões de patos e gansos são mortos para fazer a iguaria. Além disso, cerca de um milhão de pássaros acabam morrendo devido ao processo de alimentação forçada.

As fêmeas, que não ganham peso de maneira tão rápida quanto os machos, normalmente são “destruídas” com um dia de vida, arremessadas em picadores de carne elétricos.

A França é, de longe, o maior produtor e consumidor de foie gras do mundo, termo que por lei só pode ser utilizado referindo-se aos casos em que o procedimento de alimentação forçada for utilizado.

No entanto, alguns produtores de menor escala em outros países – como uma resposta à crescente fúria que tem ocorrido com relação aos métodos cruéis de produção alimentícia – permitem que os animais se alimentem livremente antes de matá-los, quando seus fígados já estão naturalmente maiores.

Em novembro de 2013, o grupo de defesa dos direitos animais L214 fez parte de uma investigação sobre a Ernest Soulard – uma companhia que fornecia foie gras para a Gordon Ramsay.

Patos foram filmados amontoados em gaiolas minúsculas, cobertos por sujeira, repletos de feridas e em estado de pura agonia com bicos e asas quebrados.

Ativistas classificaram as condições de vida dos animais como “as piores já vistas em toda a história” após verem as fotos da crueldade chocante a que os animais dessas fazendas e fábricas de foie gras são submetidos.

Após as investigações, Ramsay e diversos outros renomados chefs de cozinha deixaram de comprar produtos oriundos da empresa francesa.

FRANCA Gordon-Ramsay-Invesitgation-Force-Feeding

FRANCA Gordon-Ramsay-Invesitgation-Force-Feeding1

FRANCA Gordon-Ramsay-Invesitgation-Force-Feeding2

FRANCA Gordon-Ramsay-Invesitgation-Force-Feeding5

FRANCA Foie-Gras-Menu1

FRANCA Gordon-Ramsay

Fonte: Mirror

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.