Fotos atraem mais de 50 interessados em adotar cães em Juiz de Fora, MG

Nove fotos de quatro machos e cinco fêmeas atraíram, em menos de um dia, mais de 50 pessoas interessadas em adotar cães do Canil Municipal de Juiz de Fora. As imagens foram publicadas em uma rede social nesta quinta-feira (19), tiveram mais de mil compartilhamentos e integram o oitavo ensaio do projeto “Amor não tem raça” que usa as redes sociais para estimular a adoção responsável.

A chefe do Departamento de Controle Animal de Juiz de Fora, Míriam Neder, começa a entrevistar os interessados nesta sexta-feira (20). “O animal é a prioridade. Queremos minimizar a chance de ser devolvido ao final do período de adaptação, porque é ruim quando ele começa a se acostumar e volta. Entrarei em contato com todos para selecionar as melhores famílias com o perfil ideal”, disse.

As fotos dos oito cachorros sem raça definida e uma basset foram feitas pelo fotógrafo voluntário Henrique Mangeon, no Canil Municipal no Bairro São Damião, na última terça-feira (17), e foram publicadas no perfil do projeto na manhã de quinta (19). Cada uma tem uma legenda que apresenta informações sobre o animal fotografado.

Até agora, segundo o Departamento de Controle Animal do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (Demlurb), houve interesse pela maioria, sendo que a Fluffy foi a campeã de pedidos. “Essa lindeza é muito pequena, deve ter uns três quilinhos apenas, é muito pequena. Boazinha e carente, tudo o que quer é um lar para chamar de seu”, explica a legenda da foto.

Billy é um dos cães de porte médio neste ensaio. ‘Espera conquistar rapidamente um dono à altura de sua elegância’, explicou a legenda. (Foto: Henrique Mangeon/Amor não tem raça/Facebook)

No levantamento do dia 13 de janeiro, o local abrigava 478 cães (incluindo filhotes), 64 gatos e três cavalos. Apenas os filhotes com menos de cinco meses e os animais em tratamento não estão disponibilizados para adoção.

“Eu acredito que este ensaio trouxe resultados muito rápidos por reunir cães de pequeno porte. Mesmo quem não vai se inscrever, divulga para ajudar a achar uma casa para eles”, explicou Míriam.

Para saber informações sobre os cães do oitavo ensaio, as pessoas devem entrar em contato pela própria página ou no Departamento de Controle Animal de Juiz de Fora, pelo telefone (32) 3234-3783, entre 8h e 18h.

Já os interessados em conhecer outros animais no Canil podem agendar as visitas pelo telefone (32) 3690-3591. O atendimento é de segunda a sexta, das 9h às 11h30 e das 13h às 15h30, na Rua Bartolomeu dos Santos, s/nº, Bairro São Damião.

Posse responsável

A campanha “Amor não tem raça” começou no ano passado, usando as redes sociais e exposições como vitrines. Além deste projeto, também existe o perfil “Canil Municipal – Adote um amigo” para mostrar o dia a dia do canil e informações sobre cuidados com os animais.

“Queremos que a população vá ao canil, conheça o local e veja os animais. Às vezes, o cachorro que apareceu no ensaio não é o ideal para a família, mas existem mais opções. E a divulgação nas redes sociais atrai os interessados e reforça o conceito da posse responsável. As pessoas precisam saber que o animal vive até mais de dez anos e que, ao assinar o termo de adoção, devem cuidar e provê-los sob risco de serem responsabilizados se algo acontecer”, destacou Míriam.

Por enquanto, o projeto coleciona finais felizes. Um dos ensaios anteriores reuniu os animais e as famílias que os adotaram e foi exposto em um shopping parceiro e no Calçadão, no fim de 2016. E novas fotos devem ser feitas neste ano.

“Queremos destacar os cães de porte médio, para desmistificar o pensamento das pessoas de que eles não cabem em um apartamento. Eles gastam o mesmo dinheiro e ocupam o mesmo espaço dos cães de pequeno porte”, lembrou Míriam.

Confira as outras fotos do 8º ensaio “Amor não tem raça”.

‘Alegre e carinhosa, tudo que ela quer é uma vidinha tranquila e ser amada. Dê a ela uma nova chace’, conta a legenda sobre Flora. (Foto: Henrique Mangeon/Amor não tem raça/Facebook)
A basset Frida ‘foi cruelmente abandonada e espera muito por um final feliz. É tranquila, boazinha, de porte pequeno. Gostou?’. (Foto: Henrique Mangeon/Amor não tem raça/Facebook)
‘Deve ter no máximo 4 kg e é muito bonzinho. Que tal escrever um final feliz na história dele?’, sugere a apresentação de Joaquim. (Foto: Henrique Mangeon/Amor não tem raça/Facebook)
‘Pippo é muito pequeno, tem no máximo 3 kg. Uma gracinha. Precisa muito de um amor, o seu amor!’. (Foto: Henrique Mangeon/Amor não tem raça/Facebook)
‘Um dengo! Leve-a para casa e prove que o amor ainda existe’, diz a apresentação de Popó. (Foto: Henrique Mangeon/Amor não tem raça/Facebook)
‘Tutty é uma mestiça de salsichinha, quase purinha. Adora um carinho na barriga’. (Foto: Henrique Mangeon/Amor não tem raça/Facebook)
‘Zig é um lindo cão, de porte pequeno, carinhoso e alegre’. (Foto: Henrique Mangeon/Amor não tem raça/Facebook)

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.