Frada destaca avanços na proteção dos animais e pede apoio contra abusos em rodeios em Joinville, SC

Frada destaca avanços na proteção dos animais e pede apoio contra abusos em rodeios em Joinville, SC

SC Joinville frada

No Clube das 9, Eduardo Lima recebe Ana Rita Hermes, presidente da Frada – Frente de Ação pelos Direitos Animais, onde comenta sobre a proteção dos animais.

Ela lembrou que a Frada é uma associação sem fins lucrativos que age em defesa dos direitos animais, bem como na preservação do meio ambiente. Campanhas educativas em escolas da região, catequese e grupo de jovens com palestras/ seminários para conscientização de professores e funcionários de pequenas e grandes empresas.

Destacou também eventos de confraternização envolvendo a comunidade, como as “cãominhadas” anuais, reunindo pessoas de todas as idades, patrocinadores e amigos numa manhã de recreação, confraternização e conscientização. Ana também frisou sobre a representação dos animais em juízo e Cyberativismo, Ativismo Digital ou Ativismo On-line, utilizando cada vez mais a internet para divulgar ações pelos direitos dos animais.

Na defesa dos direitos dos animais, enfatizou a Ação Civil Pública contra a realização do rodeio na 1ª festa de peão de boaiadeiro de Araquari, que será realizada de 9 a 12 de outubro. Infelizmente, Ana revelou que o Juiz negou a liminar alegando primeiramente que este tipo de prática é lícita “propiciando à coletividade entretenimento e, aos comerciantes e demais setores envolvidos, a geração de renda”.

A Frada entende que todas as atividades de rodeios e afins, desde o transporte dos animais até a provas da arena, constituem maus-tratos. Também entende que os animais não foram criados para entretenimento dos humanos.

A partir de agora, a Frada iniciará ações de repúdio à realização do rodeio, lembrando que não a entidade não é contrária à festa em si, mas ao uso de animais, o que em rodeios configura maus-tratos, para o entretenimento de pessoas. Ela reforçou a questão de respeito aos animais, principalmente contra o abandono, maus-tratos e necessidade de uma campanha de castração dentro das normas exigidas.

Fonte: Rádio Clube Joinville

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.