Funcionário de madeireira castra cavalo e animal agoniza até a morte em Caarapó, MS

Funcionário de madeireira castra cavalo e animal agoniza até a morte em Caarapó, MS

O funcionário de uma madeireira é suspeito de maus-tratos contra um cavalo em Caarapó, a 306 quilômetros da Capital. A castração que resultou na morte do animal foi denunciada pela Apac (Associação de Proteção Animal de Caarapó). Cavalo teria agonizado e morrido durante a madrugada.

Conforme o boletim de ocorrência, o caso foi denunciado à entidade de proteção aos animais por uma vizinha, por uma vizinha do suspeito, que teria realizado a castração do animal sem os cuidados necessários e de forma não profissional.

Depois do procedimento, o cavalo agonizou durante a madrugada e foi encontrado morto, pela manhã.

Caso foi registrado como maus-tratos a animais na Delegacia de Polícia em Caarapó.

Fonte: Midiamax 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.