Gata esganada por mulher em Realengo está sem as unhas e com as patas machucadas

Gata esganada por mulher em Realengo está sem as unhas e com as patas machucadas
Gata que foi esganada por mulher está sem unhas nas patinhas — Foto: Reprodução

A gata que foi resgatada depois de ser esganada por uma mulher em Realengo, na Zona Oeste do Rio, está com as patas machucadas e sem as unhas. Além disso, tem machucados na boca. Há relatos de que foi mantida dentro de uma sacola.

O animal costuma ficar na porta de um hortifruti na região e foi vítima de maus-tratos nesta quarta-feira (3). Um vídeo mostra que uma mulher, identificada como Jéssica, o pegou pelo pescoço e o esganou no chão.

Depois, a agressora ficou sacudindo a gatinha no ar, mesmo depois de pessoas ao redor pedindo que ela parasse (veja no vídeo abaixo).

VÍDEO: Mulher esgana gata e ameaça matá-la em Realengo

Segundo testemunhas, Jéssica disse que a gata tinha mordido a filha e que, por isso, “tinha que estar presa”.

A mulher fugiu levando a gata e ameaçando matá-la. Mas o vídeo foi postado nas redes sociais e viralizou. Com a comoção gerada, Jéssica acabou devolvendo o animal, que foi adotado por uma moradora.

“Isso tudo me fez muito mal. Eu evito muito ver esse vídeo, porque é uma cena muito forte. Na casa dela, ela disse que faria tudo de novo, então me fez muito mal. Estamos escolhendo um nome para a gata e vamos colocar o microchip nela”, contou a empresária do ramo de estética pet que adotou o animal.

Testemunhas dizem que, durante o resgate da gata, Jéssica confessou o animal estava dentro de um saco de mercado. Ele foi resgatado com muitos machucados.

Mulher esgana gata de hortifruti em Realengo — Foto: Reprodução/TV Globo
Mulher esgana gata de hortifruti em Realengo — Foto: Reprodução/TV Globo

O caso foi denunciado pela Secretaria de Defesa dos Animais do Rio e pelo presidente da Comissão de Defesa dos Animais, o vereador Luiz Ramos Filho.

A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente foi acionada e está investigando o caso. Maus-tratos aos animais é crime, com pena de até 5 anos de prisão.

A gata foi levada para a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente para passar por exames. Lá, constataram que ela estava sem as unhas. Questionado, o marido de Jéssica disse que as unhas saíram durante uma briga. A polícia apura essa versão.

“O marido da agressora alega que a gata perdeu as unhas numa suposta briga com a mulher dele. É muito estranho unha de felino sair ao arranhar alguém. Nunca vi nada parecido. E no vídeo, o que vimos foi a gatinha sendo estrangulada e tentando se defender. Tremenda covardia”, destaca Luiz Ramos filho.

O g1 não conseguiu contato com a mulher.

A gata ficou com as patas machucadas e estava bastante arredia — Foto: Reprodução/TV Globo
A gata ficou com as patas machucadas e estava bastante arredia — Foto: Reprodução/TV Globo

Por Thaís Espírito Santo

Fonte: g1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.