Gata prenha jogada em rio por adolescentes é resgatada em Brusque, SC; Polícia investiga o caso

Gata prenha jogada em rio por adolescentes é resgatada em Brusque, SC; Polícia investiga o caso
Após denúncia, a gatinha foi localizada e resgatada. (Foto: Divulgação / Acapra Brusque)

Um caso de maus-tratos contra animal causou revolta nas redes sociais na manhã deste domingo, 16 de fevereiro. O caso se tornou público após publicações feitas na página da Acapra, no Facebook.

Adolescentes dão bebida alcoólica e jogam gata prenha em rio, em BrusqueUm vídeo de maus tratos aos animais que circula nas redes sociais revoltou moradores de Brusque.No vídeo, três meninos aparecem se divertindo momentos antes de jogar uma gata prenha em um riacho localizado atrás da igreja Cristo Rei, no bairro São Luiz.Também circula um outro vídeo, em que os mesmos meninos aparecem dando vodka para a gata, momentos antes de jogá-la na água.Diversos boletins de ocorrência já foram registrados na delegacia contra os meninos que aparecem no vídeo.A Acapra já localizou os responsáveis pelos maus tratos e deve buscar a gata no início da tarde deste domingo, 16. As informações são de O Município.

Julkaissut Michel Teixeira Sunnuntaina 16. helmikuuta 2020

Clínica Veterinária recebe a gatinha após ter sido vítima de maus tratos. (Foto: Divulgação / Acapra Brusque)

Conforme informações colhidas pela reportagem, o vídeo que se tornou viral neste domingo ocorreu em outra data, porém é a segunda vez que a gata é maltratada pelos adolescentes. A Acapra foi até o endereço dos jovens e registrou boletim de ocorrências por conta dos maus-tratos. A gatinha foi localizada pelos voluntários da ONG bastante abatida. Ela foi levada para uma clínica veterinária, onde permanecerá sob cuidados do médico. “Aparentemente ela está com dor no fígado, pois reclama de dor quando alguém encosta nesta parte dela, tem febre também, mas a gente só vai conseguir um diagnóstico na segunda-feira, após exames”, explica a Acapra.

Apelidada de Mia, gatinha resgatada é considerada ‘extremamente calma e querida’ pela Acapra. (Foto: Acapra Brusque / Divulgação)
Apelidada de Mia, gatinha resgatada é considerada ‘extremamente calma e querida’ pela Acapra. (Foto: Acapra Brusque / Divulgação)
Investigação

Ciente do fato, a Polícia Civil de Brusque emitiu uma nota na noite deste domingo a respeito da situação e dos encaminhamento a partir de agora na esfera legal. Acompanhe o teor do conteúdo:

NOTA À IMPRENSA

“A Polícia Civil de Brusque, considerando as imagens viralizadas pelas redes sociais neste domingo, evidenciando a ocorrência do crime de maus-tratos contra animais, vem a público informar:

– Os fatos, a princípio, se enquadram no crime previsto no art. 32 da Lei n. 9.605/95, cuja pena varia de detenção de 03 meses a 01 ano, podendo recair a todos que praticaram a conduta ou contribuíram de alguma forma para o ato.

– O caso já chegou ao conhecimento dos policiais civis, havendo evidências de participação de adolescentes no ato, motivo pelo qual o caso ficará sob responsabilidade da Delegacia da Criança e Adolescente de Brusque, titularizada pelo Dr. Matusalem Júnior de Morais.

– as providências formais serão realizadas nesta 2° feira, 17.02., ressaltando que o animal mostrado (gata) no vídeo se encontra sob os devidos cuidados de clínica veterinária, com intervenção da Acapra”, diz a nota, assinada pelo chefe da 17ª Delegacia Regional de Polícia Civil, Fernando de Faveri.

Por Juliane Ferreira

Fonte: Diplomata FM

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.