Gatil Municipal incentiva adoção dos animais em Pompéia, SP

Gatil Municipal incentiva adoção dos animais em Pompéia, SP
Foto: Divulgação/DHS

Desde abril, Pompeia se firma no cenário estadual como referência em matéria de proteção aos animais. Com a criação do Gatil Municipal, a administração da prefeita Tina Januário passou a investir no acolhimento de animais abandonados que são tratados, imunizados contra a raiva e outras doenças específicas, vermifugados, castrados, identificados e encaminhados para adoção, espaço que futuramente abrigará um amplo centro para cães e gatos, melhor estruturado e que contará com centro cirúrgico e vagas de pós-operatório, tudo para continuar as ações de incentivo à adoção.

Segundo as veterinárias Bruna Coelho e Raphaela Prado, o maior desafio do Gatil Municipal é sensibilizar a população sobre a importância da adoção de animais de estimação. “Estudos comprovam que crianças que convivem com um animal de estimação são mais saudáveis, resistentes a alergias e se tornam mais responsáveis ao aprenderem a cuidar de outro ser vivo”, destacam.

Um dos maiores do Estado e um dos poucos da região, o abrigo de Pompeia conta atualmente com mais de 100 animais à espera da adoção. João Marcelo Destro “Shell”, Diretor da Vigilância Sanitária, cita o abandono de animais como um problema grave de saúde pública. “Para acabar com os problemas de abandono e reduzir o número de animais soltos nas ruas, é preciso conscientizar a população com relação à posse responsável, dando plena ciência ao dono de suas responsabilidades”, disse.

Os interessados em adotar, podem procurar pelo Gatil Municipal, localizado no Estádio Nestor de Barros, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, munidos de RG, CPF e Comprovante de residência. Outras informações podem ser obtidas com a Vigilância Sanitária pelo telefone 3405 2806. O mesmo telefone também pode ser contatado para denúncias de maus tratos e abandonos.

Fonte: Portal NC

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.