Gatinha com a carinha torta tem a mais fofa personalidade para combinar

Gatinha com a carinha torta tem a mais fofa personalidade para combinar
Smush estava muito doente quando foi encontrada. (Imagem: Lindsey Hidenrite)

“Agressiva” não é uma palavra que Lindsey Hidenrite, coordenadora de gatos do Helping Hands Pet Rescue em Gainesville, Flórida, nos EUA, teria associado com Smush quando ela resgatou a gatinha no ano passado. Hidenrite, uma estudante de veterinária da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade da Flórida, era chamada com frequência para cuidar de animais abandonados com problemas sérios de saúde. Este foi o caso de Smush, que veio ao encontro de Hidenrite quando ela tinha cerca de 10 dias de idade depois de ter sido encontrada abandonada e à beira da morte.

Smush tinha lábio leporino e deformidades faciais, e estava sofrendo com uma infecção no trato respiratório superior e um caso grave de micose. Ela não conseguia comer, então Hidenrite a alimentava com uma seringa a cada quatro horas enquanto a tratava com antibióticos e banhos medicinais frequentes.

Me as a baby when I was very sick and got to travel every day when my foster mom was in one of her clinal rotations at Springhill Equine Veterinary Clinic. If it wasn't for Dr. Lacher letting me go there every day, I wouldn't be here today because I needed to be fed every 4 hours. Thankfully, she said YES!! <3 I was feisty even then! Thanks Lindsey and everyone who helped take such great care of me!! 😘😘😘😘😘😘😘😘😘😘😘 #ThrowbackThursday

Julkaissut Smush Torstaina 14. joulukuuta 2017

O lábio leporino de Smush e seus olhos afastados são considerados deformidades congênitas, Hidenrite contou ao The Dodo. “Eu já vi alguns casos onde gatinhos com deformidades foram encontrados abandonados como se suas mães soubessem que não conseguiriam cuidar deles”, ela disse. Algumas vezes, as mães gatas irão rejeitar gatinhos doentes, sentindo que eles podem não sobreviver, para que elas consigam cuidar das necessidades dos outros gatinhos na ninhada.

Smush prosperou sob os cuidados de Hidenrite e logo conseguiu comer sozinha. Ela foi morar com sua mãe temporária, Laura Braden, que continuou a dar os banhos medicinais três vezes por semana.

Smush começou a comer sozinha. (Imagem: Lindsey Hinderite)
Smush começou a comer sozinha. (Imagem: Lindsey Hinderite)

Conforme ela foi ficando mais forte, ficou mais corajosa e começou a ganhar sua reputação de briguenta. “Ela foi difícil desde o primeiro dia!” Braden disse. As tentativas de Braden de confinar Smush enquanto ela se recuperava da micose se provaram fúteis: “Ela subia qualquer barreira que eu colocava, então eu cedi e entreguei a ela o quarto inteiro”.

Quando animais ficam órfãos desde muito jovens, perdem o aprendizado de habilidades sociais cruciais de seus pais e irmãos. É durante esses primeiros meses que eles aprendem como interagir com os outros. Um gatinho sendo criado pela sua mãe será corrigido se morder muito forte durante uma brincadeira. Ele não tem a intenção de machucar seu colega de brincadeira, ele simplesmente não entende a diferença entre brincar e caçar.

Shannon Jackson
Imagem: Shannon Jackson

Sendo uma mãe temporária de gatinho experiente, Braden foi a receptora das mordidas de amor de Smush. Braden sabia que Smush iria se beneficiar de uma família adotiva que a entendesse.

“Ela precisava ir para um lar que amasse sua carinha torta e entendesse sua agressividade”, Braden disse.

Laura Braden e Lindsey Hidenrite ajudaram Smuch a viver. Elas uniram Smucha ao seu lar definitivo. (Imagem: Shannon Jackson)
Laura Braden e Lindsey Hidenrite ajudaram Smuch a viver. Elas uniram Smucha ao seu lar definitivo. (Imagem: Shannon Jackson)

Shannon Jackson e sua esposa, Sarah Jenne, viram Smush na página pessoal do Facebook de Hidenrite, mas nunca falaram sobre adotá-la. Jenne ainda estava sofrendo com a perda recente de seu amado gato, Poot. Jackson diz que Jenne sempre respondia com as palavras “um gatinho” quando perguntavam o que ela queria de Natal, dia dos namorados ou qualquer outra ocasião especial.

Shannon Jackson
Imagem: Shannon Jackson

Jackson se tornou amiga de Hidenrite quando ela começou a fotografar animais disponíveis para adoção através do Helping Hands Pet Rescue. Jackson admirava a afinidade de Hidenrite em ajudar os desamparados, incluindo Raisin, uma gata especial que apareceu recentemente no The Dodo.

Dia de adoção com as mães Shannon e Sarah. (Imagem: Shannon Jackson)
Dia de adoção com as mães Shannon e Sarah. (Imagem: Shannon Jackson)

“O aniversário de Sarah estava chegando, então falei com Lindsey para ver se Smush ainda estava disponível”, disse Jackson. Hidenrite respondeu dizendo que ela estava disponível, mas que ela era extremamente agressiva, e sugeriu que o casal levasse Smush para casa durante a semana para ver como ia ser.

Smush ama seus irmãos, incluindo uma galgo inglesa resgatada chamada Candy. (Imagem: Shannon Jackson)
Smush ama seus irmãos, incluindo uma galgo inglesa resgatada chamada Candy. (Imagem: Shannon Jackson)

“Foi amor à primeira vista”, Jackson disse, acrescentando, “Smush rosnou para Sarah e eu por provavelmente 24 horas até que ela saísse de sua pequena caixa de transporte”. Mas quando ela saiu, Jackson disse, sua personalidade explodiu. Smush encontrou seu lar definitivo com suas mães e agora tem três irmãos gatos, três irmãos cachorros e um ouriço chamado Homer. Smush é o primeiro felino que o casal adotou junto e Jackson diz que ela é perfeita para elas.

Smush passou as últimas semanas arrancando bolinhas da árvore de Natal, amassando a saia da árvore e sonhando em rasgar papel de presente. (Imagem: Shannon Jackson)
Smush passou as últimas semanas arrancando bolinhas da árvore de Natal, amassando a saia da árvore e sonhando em rasgar papel de presente. (Imagem: Shannon Jackson)
Imagem: Shannon Jackson
Imagem: Shannon Jackson

As mães de Smush dizem que ela ronrona mais e morde menos atualmente. Ela recebeu uma visita surpresa de suas resgatistas, Braden e Hidenrite, pouco tempo antes do Natal. Todo mundo diz que o espírito briguento de Smush foi a razão pela qual ela sobreviveu a tudo que passou.

Você pode seguir as aventuras de Smush no Instagram e doar para Helping Hands Pet Rescue aqui.

Por Julie Leroy / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Fonte: The Dodo

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.