Gatinho morre após ser violentamente arremessado para a rua por namorado da tutora, em Cascavel, PR

Gatinho morre após ser violentamente arremessado para a rua por namorado da tutora, em Cascavel, PR

Moradores de um condomínio que fica à margem da PR-180, estrada para Cafelândia, no Bairro Interlagos, em Cascavel, entraram em contato com a CGN a fim de denunciarem um caso de maus-tratos com animal ocorrido na noite deste domingo (19).

Segundo informações, um gatinho havia entrado na casa de uma moradora, momento em que o namorado dela teria pego o animal e o arremessado violentamente por duas vezes na rua do condomínio, em frente à residência.

O animalzinho teria agonizado até a morte devido às agressões sofridas.

A ação do homem foi agravada, conforme narram, por conta de ter sido praticada em frente a várias crianças que brincavam pelo local e viram a prática criminosa.

A lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, que trata sobre Crimes Ambientais, prevê, em seu artigo 32, possíveis consequências penais para atos semelhantes aos praticados com o gatinho.

O que diz a Lei de Crimes Ambientais:

“Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”

Diante disso, os moradores pedem providências às autoridades para que o autor seja responsabilizado.

Por Alan Borges 

Fonte: CGN

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.