Gatinho morto a pauladas por um cuidador de cavalos gera revolta e manifestação pública em Avaré, SP

Gatinho morto a pauladas por um cuidador de cavalos gera revolta e manifestação pública em Avaré, SP
Alex Lemos teria matado o gato Karev porque teria sido arranhado. Ativistas e ONGs protestaram nesse sábado (27).

Uma crueldade que explicita a maldade que o ser humano carrega com si, revoltou ativistas da causa animal, em Avaré, durante a semana e provocou um protesto público de ONGs ligadas a causa e pessoas amantes dos animais.

Segundo a tutora, seu gatinho foi assassinado a pauladas por Alex Lemos, um homem que justamente trabalha com animais.

“Meu gato foi morto por espancamento por um monstro que se diz “veterinário” de equinos, Alex Lemos. Há 20 anos meu ex-sogro mora ali e tem gatos tanto ele quanto os vizinhos que além de cuidar dos animais de suas casas, zelam pelo bem-estar de animais de rua. Nunca tivemos problemas com isso. A desculpa dele foi que o gato o arranhou. ALEX LEMOS VOCÊ VAI PAGAR PELO QUE FEZ!!!”

A tutora em sua postagem nas redes sociais, onde denunciou a barbárie, revelou o motivo. O malvado homem teria sido arranhado pelo bichano.

Ela postou o vídeo mostrando o covarde jogando o gato morto no mato e dizendo “esse nunca mais me arranha”. Como se não bastasse, o assassino de animais que trabalha com animais, teria ameaçado a vida dos outros gatos da família gateira.

Ainda segundo a tutora, o Alex chegou a ser preso, “mas como não é novidade no nosso Brasil ele pagou fiança e está solto.”

O crime ocorreu no domingo, 21, por volta das 22h, no Jardim Europa II, em Avaré e desde então, ativistas da causa animal se organizaram durante a semana e um protesto foi realizado neste sábado, 27.

A manifestação por justiça ao Karev, aconteceu durante a manhã na Avenida Paulo Novaes. Teve início em frente a Delegacia de Polícia Civil, percorreu a avenida, terminando em frente ao recinto da Emapa. “Ele não teve voz, mas falaremos por ele”, diz o cartaz que divulgou o manifesto, assinado por 6 entidades ligadas a causa animal.

Alex Ramos, em sua página na internet, se diz profissional “ferrier service” e ortopedista de cavalos.

Um cidadão, a exemplos de muitos, revoltado, comentou “um cara desse que um Pitbull tem q pegar de jeito! (Palavrões) O gato deveria ter feito um estrago maior! É só matar e pagar fiança e tá tudo certo? Bora pessoal, vamos marca todas as autoridades possíveis para resolver isso. Não tem dinheiro que pague essa crueldade com os animais.”

Na página da ONG Amor de Quatro Patas, uma mensagem: “Não era apenas um gato, era uma vida, era o amor de alguém. Toda vida importa. Unidos somos mais fortes”

Por Sergio Pereira

Fonte: Portal do Sudoeste Paulista

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.