Gato é atingido por tiro de arma de pressão e terá de ser sacrificado

Gato é atingido por tiro de arma de pressão e terá de ser sacrificado

Por Ricardo Silveira

SC Cacador gato sacrificado

Um gato foi atingido por um tiro de arma de pressão e agora o “Mimi”, como é chamado, terá que ser sacrificado. O animal é tutelado por uma família do bairro Alto Bonito, em Caçador e que está revoltada com a situação.

Segundo informações da família, o animal tinha um grande valor sentimental e em razão do ferimento teve paralisia dos membros e órgãos. O gato foi encontrado caído e após exames foi constatado que havia um chumbinho alojado na coluna.

Jeferson Hofmann disse que uma vizinha o chamou dizendo que o gato estava caído sem andar atrás de sua casa. “Minha sogra trouxe ele no colo e ligou para o veterinário. Agora à noite (ontem, dia 10) ele retorno com o gato e com o Raio-X. Foi um tiro de espingardinha de pressão, e disse que o caso não tem o que fazer, que terá que ser sacrificado”, comenta.

A família já tem suspeitas de quem possa ter disparado o tiro, pois algum tempo atrás a Polícia Militar foi até a residência desse suspeito por denúncia de estar dando tiro de espingardinha de pressão.

“Estou indignado e muito triste, pois é um gato de estimação que temos a seis anos. Sempre companheiro, junto com nós. Isso é coisa de vagabundo que não tem o que fazer. Estou sem palavras, é um sentimento de revolta e tristeza”, lamenta.

Fonte: VVALE

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.