Gato encontrado em posto de abastecimento não para de se aconchegar com seu salvador

Gato encontrado em posto de abastecimento não para de se aconchegar com seu salvador

Um casal parou em um posto de gasolina, enquanto passava em Louisiana durante uma viagem. Quando eles saíram do carro, encontraram um pequeno gato sentado em uma poça de gasolina. Foi aí que perceberam que deveriam fazer algo para o ajudar.

Andy é um gatinho de 6 semanas de idade, que estava em muito mau estado quando Rose e seu parceiro o encontraram. Ele mal respirava, mas o casal se recusou a desistir tão facilmente!

Durante as duas primeiras noites, Rose ficou ao seu lado. Ela colocava seu braço na cama do gatinho, para que ele se sentisse seguro e amado, adormecendo em seus braços. Depois de algumas noites sem dormir, o pequeno gatinho recuperou seu estado de saúde.

Seu pelo não estava mais esfarrapado. Andy ficou muito apegado ao seu salvador, se aconchegando com ela todas as noites.

Acontece que Andy foi encontrado a poucos quilômetros do lugar onde Rose nasceu e, tal como Andy, ela foi abandonada à nascença. “Fui abandonada à nascença em Louisiana e encontrei um caso semelhante a 8 km de onde eu nasci. Ele não consegue dormir sem me abraçar. ”

“Eu sei que somos almas gêmeas. Eu o resgatei de uma poça de gasolina e ele me resgatou da solidão. “E como você pode ver, ele imediatamente se deu bem com sua irmã, um Pug.”

Andy garante que sua mãe humana nunca se sente sozinha, enchendo ela com abraços. “Eu não vou deixar você ir, mãe!”

“Eu não consigo dormir sem ele. Fiquei sozinha toda a minha vida. Mas, agora já não!”

Algumas coisas nunca mudam. Ele ainda é um bicho de pelúcia, totalmente adorável!

Agora essa é a sua vida, cheia de amor e carinho!

Assista ao vídeo abaixo para ficar a conhecer um pouco mais sobre essa história emocionante:

This story deserves all the likes in the world! 💕❤️😮

Julkaissut I Love My Cat Keskiviikkona 4. lokakuuta 2017

Fonte: Hola Wamiz via Histórias com Valor 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.