Gato sobrevive a disparo de 18 tiros de chumbinho na cabeça, na Espanha

Gato sobrevive a disparo de 18 tiros de chumbinho na cabeça, na Espanha

A Coordenadoria da Sacrificio Cero informou um caso grave de maus-tratos e violência contra os animais. Trata-se de um gato recolhido das ruas de Lardero, na Espanha, no último dia 16, com 18 chumbinhos alojados em sua cabeça. De acordo com o tipo de chumbinho e a profundidade das feridas, acredita-se que foram disparos feitos com arma, de um em um, com o animal confinado em algum lugar, sem a possibilidade de escapar, enquanto o atirador disparava contra ele.

Felizmente, o animal está estável e em boas condições, com exceção à alta probabilidade de perder um olho devido a um dos tiros. Por outro lado, inexplicavelmente, pede carinho às pessoas, expõe a Coordenadoria.

O episódio foi denunciado à polícia para que seja aberta uma investigação. “Não podemos permitir que continuem ocorrendo casos tão flagrantes de maus-tratos, nem que fiquem impunes. O Decreto de Posse e Proteção dos animais de companhia, tanto o de Lardero quanto a de Logroño, consideram os maus-tratos e as agressões contra os animais uma sanção muito grave”, explica a Coordenadoria.

A Sacrifício Zero quer lembrar à Câmara Municipal de Logroño e ao Parlamento “a necessidade urgente de desbloquear tanto o decreto municipal de proteção animal quanto a ILP animal. Os animais fazem parte de nossa sociedade e de nossas vidas, e devem ser protegidos e amparados pela lei, assim como pedem os cidadãos”.

Também querem fazer um apelo público para encontrar um lar para este pobre gato, “onde seja protegido para sempre e receba os carinhos necessários para compensar a tortura que sofreu”.

Tradução de Bina Foloni

Fonte: Rioja 2

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.