Gatos são abandonados no prédio da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal em Maringá, PR

Gatos são abandonados no prédio da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal em Maringá, PR
Divulgação/PMM

Nesta segunda-feira (6), a Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal da Prefeitura de Maringá contou com uma visita inesperada. Deixaram na porta do prédio uma gatinha com seus três filhotinhos em uma caixa de papelão. Os animais passaram pelo atendimento clínico veterinário da Prefeitura, serão vacinados, vermifugados e castrados. Depois, participarão de Feiras de Adoções Responsáveis para encontrarem uma nova família.

O caso constitui abandono, considerado como maus tratos a animais e punível administrativamente e criminalmente. A Prefeitura procederá com a investigação das imagens de câmeras de segurança da região para identificação do infrator(a) e multá-lo(a) no valor de R$2 mil por animal abandonado, totalizando o valor de R$ 8 mil, conforme a Lei n°10.467/2017.

Situações de abandono como esta podem ser evitadas com a castração preventiva dos animais. A castração, além de ser pilar do controle populacional de cães e gatos, tem benefícios para a saúde do seu pet, pois previne tumores e infecções nas mamas, útero, inflamações na próstata e testículos, deixa seu bichinho mais tranquilo e carinhoso.

O procedimento é gratuito e garantido pela Prefeitura de Maringá para cães e gatos de qualquer sexo, sem raça definida, com idade entre 3 meses e 7 anos, residentes ou adotados em Maringá. A castração deve ser solicitada por meio do cadastramento dos animais do PETIS, aplicativo pensado para ser intuitivo e de fácil utilização. Desde de 2017, foram realizados 22.431 procedimentos de castração, sendo referência nacional na causa animal.

Fonte: Bonde

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.