Gatos são envenenados no Centro, em Jaraguá do Sul, SC

Gatos são envenenados no Centro, em Jaraguá do Sul, SC
Foto: Fenisio Pires/Arquivo Pessoal

No dia Mundial do Gato, comemorado nessa sexta-feira (17), dois moradores de Jaraguá do Sul viveram momentos de terror com os seus animais. Por volta das 6h, Fenisio Pires atendeu o telefonema de uma vizinha. “Ela estava chorando, dizendo que o meu gato estava na garagem do condomínio em espasmos”, relatou Fenisio, ao explicar que o bicho da vizinha já estava morto, também vítima do envenenamento. Os tutores dos animais moram na rua Conrad Riegel, no Centro. “Não temos suspeitas sobre quem matou os animais. Nossa rua é tranquila, um lugar residencial”, conta.

“Eu trouxe ele (o gato) para casa e coloquei em cima de um cobertor. Quando eu troquei de roupa, ele já tinha soltado sangue pela boca. Pouco tempo depois, ele estava imóvel, duro e de boca aberta. Foi um horror”, narra o dono do bichano. Fenisio havia visto o animal às 5h, tinha dado ração para ele e tudo estava normal. “Tudo aconteceu muito rápido, suspeitamos que o veneno que deram era muito forte. Um rapaz disse para a gente ter cuidado ao manusear os animais”, destaca.

O veterinário Marcos Martinelli explica que esses sintomas são comuns em envenenamentos. Segundo ele, se há diversos gatos mortos, a causa provável é o envenenamento. “Dá pra fazer pouca coisa para socorrer gatos envenenados. Geralmente eles morrem logo em seguida. Se encontrar algum vivo, corre para o socorro veterinário. Mas geralmente usam venenos muito fortes, como a estricnina, algo para exterminar mesmo”, lamenta Martinelli.

Fonte: Aconteceu em Jaraguá do Sul 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.