Grande simulação de resgate de animais em situação de desastre ambiental será realizado em Contagem, MG

Grande simulação de resgate de animais em situação de desastre ambiental será realizado em Contagem, MG

O UniBH e o Centro Universitário Una promovem no próximo domingo (6/12), das 8 às 18 horas, na área aberta do campus Una Contagem, um grande treinamento de resgate de animal em situação de desastre ambiental. O objetivo é preparar futuros médicos veterinários para atuar diante de grandes tragédias, como as que aconteceram em Mariana e Brumadinho. 

O treinamento promovido pela Una e pelo UniBH tem o apoio do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil. O evento antecede o Simpósio Brasileiro de Medicina Veterinária de Desastre.

Já nos dias 11, 12 e 13 de dezembro, profissionais de diversas regiões do Brasil participam do Simpósio Brasileiro de Medicina Veterinária de Desastre, reunindo pela primeira vez na capital, médicos veterinários, estudantes de medicina veterinária e bombeiros civis.

O formato inédito do Simpósio foi comparado pelo professor do curso de Medicina Veterinária da Uni-BH, Aldair Junio Woyames, como “um intensivão de capacitação”, uma vez que será dividido em três dias, sendo a unidade Una Linha Verde responsável por receber, no dia 11/11 (sexta-feira), bombeiros civis inscritos para o treinamento.

Nos dias 12 e 13 de dezembro, a preparação acontecerá simultaneamente nos campi Una Contagem e UniBH Buritis, somando 24 horas ininterruptas de treinamento e reunindo alunos do curso de Medicina Veterinária, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil de Minas Gerais, sendo essas duas instituições parceiras no evento.

Antes das capacitações presenciais, conteúdos teóricos estão sendo trabalhados no on-line com palestrantes brasileiros e estrangeiros.

“O projeto é importante na formação acadêmica e estende sua atuação para a sociedade com possibilidade de preparar voluntários para calamidades que podem acontecer em função do período chuvoso.

Os alunos estão sendo preparados desde agosto, seguindo os protocolos do comitê de Covid-19 das instituições”, resume o professor Aldair Junio Woyames, que também atua como bombeiro civil.

Para o coordenador do curso de Medicina Veterinária da Una Contagem, Gabriel Dias Costa, as duas iniciativas têm em comum o objetivo de fomentar a capacitação de profissionais com conhecimentos de salvamento e proteção da vida dos animais de forma técnica, segura e precisa.

“Estamos bastante confiantes com mais esse grande passo que o curso de Medicina Veterinária da Una deu em direção ao aprimoramento do aprendizado e à capacitação dos nossos alunos”, afirma, acrescentando que a credibilidade do Uni-BH e da Una pode ser atestada por meio do preenchimento rápido, de apenas 14 minutos, das inscrições para o Simpósio, que disponibilizou 50 vagas.

Experiência em resgate

A ideia de realizar o Simpósio, atraindo participantes de vários cantos do Brasil, de acordo com o professor Aldair, frutificou a partir do sucesso do I Simpósio de Desastres, promovido pelo UniBH, no ano passado.

Com larga experiência em resgate de animais durante a tragédia de Brumadinho e nas queimadas deste ano no Pantanal, ele é integrante do Grupo de Resgate de Animais em Desastres (Grad), que junto com a Sociedade Mineira de Medicina Veterinária são parceiros no Simpósio. 

“O treinamento também é uma forma de unir as faculdades em prol do ensino de Medicina Veterinária em vários âmbitos, entre eles, a defesa de um bem maior que é a causa animal”, salienta Aldair, que também é fundador do Grupo de Resgate Animal Uni-BH.

Tanto no Treinamento quanto no Simpósio haverá simulações de desastres que vão necessitar de organização, logística de comunicação, prática de resgate em locais dificultosos, com os participantes aprendendo, por exemplo, técnicas de amarração e içamento de animais vitimados até a remoção do corpo, já que na operação haverá cadáveres que foram utilizados em aulas de anatomia e carcaças de pequeno porte cedidas por clínicas veterinárias parceiras.

Ademais, aprendizado de primeiros atendimentos e práticas de veterinária legal aplicada a desastres em massa também integram os treinamentos.

Os organizadores se preocuparam com a logística da capacitação, aproximando-se ao máximo de uma situação de calamidade, envolvendo parcerias com os profissionais dos cursos de nutrição, psicologia e enfermagem, que vão dar suporte, respectivamente, na montagem do cardápio e preparo das refeições balanceadas (café da manhã, almoço e jantar), apoio emocional e assistência à saúde dos participantes.

“A capacitação envolve um trabalho multidisciplinar, com profissionais preparados para oferecer desde um cardápio balanceado ao atendimento no caso de alguém sofrer uma fratura ou mesmo sentir desconforto emocional”, reitera o professor Gabriel.

Izabela Ferreira

Relacionamento com a Imprensa

Rede Comunicação de Resultado

(31) 2537-5731 – 99835-6427

www.redecomunicacao.com

Por Ray Santos 

Fonte: Jornal Dia a Dia 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.