Gremar monitora baleia vista na entrada do Canal do Estuário, em Santos, SP

Monitor viu o animal, mas não consegui identificá-la. É a 4ª baleia em 20 anos na região.

O Instituto Gremar está monitorando a eventual presença de uma baleia que foi vista há dois dias, na entrada da Barra, em Santos. Em pelo menos 20 anos, segundo o Gremar, é o quarto animal de que se tem notícia passando pelas águas do Canal do Estuário.

Segundo a médica e veterinária do instituto, Andrea Maranho, um monitor do Gremar viu o animal pela manhã, na altura da praia de Santa Cruz dos Navegantes, mais conhecida como Pouca Farinha. Imediatamente, ele comunicou a equipe, mas a baleia, aparentemente calma, não saltou. Depois, não foi mais vista.

”Por isso, na ocasião, não pudemos identificá-la. Nosso monitor faz o trecho todos os dias, pela manhã. Se ela reaparecer, vai nos notificar. Ele tem equipamentos para fotografar e filmar caso ela apresente um comportamento mais exuberante”.

Andrea esclareceu que a presença de baleias no Estuário não é comum, já que os animais são oceânicos. A exceção são os filhotes, que, sem as mães, acabam procurando regiões mais abrigadas, como os canais.

Segundo ela, em 20 anos, foram vistos dois filhotes de baleia da espécie minke e um terceiro filhote, cuja espécie não foi identificada. A primeira minke foi vista em 1998 e a segunda, em 2007. Já a que não teve a espécie esclarecida surgiu em 2014 nas águas da região.

Andréa explica que há casos raros de baleias em rios, por exemplo, como o Amazonas, no Brasil, e o Tâmisa, na Inglaterra.

Fonte: A Tribuna

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.