Grupo de defesa animal denuncia casos de enforcamento de cães em Portugal

O primeiro episódio, reportado pelo grupo IRA- Grupo de Intervenção e Resgate Animal, deu-se no dia 6 de Julho: foi encontrada uma cadela grávida enforcada numa árvore em Casal de Cambra, no concelho de Sintra.

Na altura, conta o IRA numa publicação no Facebook, o grupo recolheu pistas “muito abstractas” e “sem factos ou evidências irrefutáveis quanto à autoria do crime”.

O segundo caso aconteceu no dia 19 de Setembro, quando foi descoberto exactamente da mesma forma outro cão numa zona de mato da região. Este já se encontrava num estado avançado de decomposição.

A SÁBADO contactou a polícia de Casal de Cambra que não referiu não “poder fazer comentários” e recusou-se a prestar declarações.

As imagens podem ferir a susceptibilidade de alguns leitores.

Fonte: Sábado / mantida a grafia lusitana original

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.