Grupo de resgate disse que a pit bull recém-adotada morreu após sofrer violência sexual e física

Grupo de resgate disse que a pit bull recém-adotada morreu após sofrer violência sexual e física

Um grupo de resgate de animais na Califórnia (EUA) acredita que uma pit bull fêmea morreu de agressão física e sexual apenas duas semanas depois de ter sido adotada.

Alguém abandonou a pit bull de cinco anos, chamada Cargo, em frente a uma casa na comunidade de Florence, no dia 6 de agosto, informou a emissora de TV KTLA. Um microchip mostrou que a cadela foi adotada no abrigo Orange County Animal Care em 23 de julho.

A moradora que encontrou Cargo disse que telefonou para o Ghetto Rescue Foundation, um grupo de resgate animal sem fins lucrativos em Anheim Hills, após tentar e não conseguir comunicar aos funcionários do controle de animais.

Alguns membros do grupo de resgate transportaram a pit bull até uma clínica veterinária, onde ela recebeu cuidados antes de morrer, no dia seguinte.

“Cargo morreu uma hora atrás, e nós estamos em lágrimas”, anunciou o grupo em sua página no Facebook. “Ela estava confortável e com medicação para dor. A única coisa que nos deixa tranquilos é que ela não morreu sozinha na calçada. Não havia nada de errado com ela, exceto o trauma em sua vagina.”

Ela não teve lesões externas e não viram nada nos raios X”, continuou a publicação. “Enquanto escrevíamos essa mensagem recebemos a informação de que sua aorta estava rompida. O veterinário suspeita de trauma na região do peito.”

De acordo com o jornal Orange County Register, a Força-tarefa de Crueldade Animal do Departamento de Polícia de Angeles (LAPD) lançou uma investigação.

O detetive Al Erkelens, do LAPD, disse ao jornal que não pode confirmar a alegação do Ghetto Rescue’s, sobre violência sexual, mas isso será investigado, assim como a ruptura da aorta.

Há dois crimes possíveis: bestialidade, que é uma contravenção, e lesão intencional contra a cadela, feita para infligir dor, sofrimento ou a morte da mesma,” disse Erkelens. “Se alguém fez alguma coisa para causar a ruptura da aorta, isso é um crime.

O abrigo de animais, que antes chamou a cadela pelo nome de Valerie, disse que a pessoa que a adotou não é mais elegível para futuras adoções. O abrigo também disse que está trabalhando com autoridades.

“O nosso pessoal e voluntários estão profundamente tristes em saber que ela morreu e sobre as circunstâncias supostas que envolvem sua morte. Valerie esteve conosco por três meses e era amada por muitos”, disse o Orange County Animal Care em uma declaração.

Por Meredith Ashleigh Jackson / Tradução de  Nilza Francisco da silva

Fonte: CBS 46

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.