RJ rio parcao reinstala

Grupo pede reinstalação de área para cachorros no Leblon, no Rio

ParCão foi instalado pela prefeitura em 2013 e retirado em 2014, depois de muita polêmica.

Um grupo de moradores do Leblon está mobilizado na luta pela reinstalação de um parcão — área voltada para o passeio com cães — na Praça Claudio Coutinho. O espaço foi inaugurado em 2013, mas só durou até meados de 2014, quando foi desmontado pela prefeitura, depois de uma série de polêmicas e um abaixo-assinado.

Segundo Denise Corrêa, presidente da Associação dos Moradores e Amigos da Selva de Pedra (Adespe) — condomínio com 40 prédios ao lado da praça — a retirada do parCão foi arbitrária e a coleta de assinaturas, feita por pessoas que não moram na região.

Já Sandra Greenhalgh, do grupo Cachorreiros do Leblon, diz que o espaço proporcionava um convívio agradável e harmônico para a vizinhança e agora a área virou uma concentração de viciados.

A briga dos moradores ganhou o apoio da comissão de proteção e defesa dos animais da OAB-RJ.

— Estamos agendando uma reunião com a prefeitura para resolver essa situação o quanto antes — diz Reynaldo Velloso, presidente da comissão.

Procurada pela equipe de reportagem, a Subprefeitura da Zona Sul informou, por meio de nota, que tomou a decisão de que o parCão da Praça Claudio Coutinho seria fechado por conta de muitas brigas e de confusão entre moradores e frequentadores. Além do abaixo-assinado, houve diversas ligações e pedidos dos moradores do entorno e de frente para a praça para que o local fosse fechado. O órgão destaca que a 300 metros dali existe um parcão, no Largo Sérgio Vieira de Mello, na Avenida Bartolomeu Mitre, muito próximo à Praça Claudio Coutinho.

Fonte: O Globo

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.