Guarda Civil espanhola investiga dois homens por matarem uma porca com golpes de marreta na cabeça

Guarda Civil espanhola investiga dois homens por matarem uma porca com golpes de marreta na cabeça
Porcos na granja.

A equipe do Serviço de Proteção à Natureza – Seprona do Comando da Guarda Civil de Sória, Espanha, tomou conhecimento, no dia 3 de julho, de dois homens investigados por matarem uma porca com golpes de marreta na cabeça, segundo informações da Subdelegacia do Governo. Os investigados são o proprietário da granja de porcos da província e um de seus empregados, de 48 e 58 anos respectivamente, aos quais são atribuídos supostos maus-tratos aos animais.

Os agentes tomaram conhecimento dos acontecimentos através de uma denúncia feita por um trabalhador da granja de porcos mencionada, e tiveram acesso um vídeo no qual se observa como um dos investigados aparece agredindo uma porca com marretadas na cabeça, até matá-la.

A Guarda Civil, após tomar conhecimento do ocorrido, procedeu à identificação dos autores e abriu uma investigação com o fim de comprovar se se tratava de um acontecimento isolado ou se era um procedimento usual na granja para eutanasiar animais enfermos. Os agentes instruíram as correspondentes diligências policiais, que serão remetidas para o Tribunal de Primeira Instância e Instrução de Almazán, e enviarão uma cópia à Promotoria da Audiência Provincial de Sória.  

Os acontecimentos podem constituir várias infrações à normativa de bem-estar dos animais, pelo que a Guarda Civil denunciará essas pessoas perante o Serviço Territorial da Agricultura e Pecuária da Junta de Castilla e León em Sória.

Como se deve eutanasiar um animal?

As normas de bem-estar animal, tanto na Europa como na Espanha e nas províncias, estabelece medidas que se deve tomar para a proteção dos animais no momento de sua morte, com o objetivo de evitar dor e reduzir ao mínimo a angústia e o sofrimento deles. No setor dos porcos, os métodos de atordoamento mais utilizados são o atordoamento com choque elétrico, mediante uso de pinças elétricas, narcose com CO2 e a pistola  ou por uma pistola de êmbolo retrátil, sendo esta última utilizada para eutanásia de emergência.

Tradução de Maira Lavalhegas Hallack

Fonte: La Nueva Espanã

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.