Guarda Municipal recolhe égua vítima de maus-tratos em Araçatuba, SP

Guarda Municipal recolhe égua vítima de maus-tratos em Araçatuba, SP
Foto: Amanda Lino/Folha da Região

Uma égua vítima de maus-tratos foi apreendida pela Guarda Municipal em Araçatuba. O animal estava sendo usado por um carroceiro para puxar uma carroça com galhos de árvores. A égua apresentava ferimentos em diversas partes do corpo, incluindo o pescoço e uma das patas, por isso andava mancando, além de estar visivelmente debilitada.

O caso foi denunciado à APA (Associação Protetora dos Animais) de Araçatuba. O presidente da entidade, Cristina Munhoz, informou que acionou guardas municipais, que foram até o local. O médico veterinário do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), Rafael Cipriano, também compareceu para examinar a égua e constatou o estado de maus-tratos e desidratação. O laudo deverá ser emitido na quarta-feira (1º) por conta do recesso de carnaval.

O caso foi registrado na Polícia Civil e o animal levado para uma chácara da GM que abriga animais após receber água. “Quando a pessoa ver que o animal está maltratado não deve contratar o serviço de um carroceiro, pois os casos de maus-tratos continuarão ocorrendo”, alerta Cristina. A reportagem não conseguiu falar com o tutor do animal, por telefone, na tarde de ontem.

Fonte: Votuporanga Tudo 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.