AM manaus guardioesanimais0

‘Guardiões dos Animais’, em Manaus, cuida de mais de 30 animais, entre cães e gatos

O grupo que não possui uma sede ou abrigo precisa de doações para continuar o trabalho de resgate e de cuidados com os bichinhos

AM manaus guardioesanimais1

Manaus – Criado em 2012 para lutar pela causa animal, sempre buscando a melhor forma de ajudar animais em situações de risco, o grupo “Guardiões dos Animais”, que vive de doações e do capital dos próprios integrantes, também está precisando de ajuda. Segundo sua fundadora, Pauline Voss, “nesta época do ano, em que as pessoas tiram férias, viajam e gastam com presentes, muitos se esquecem do fundamental, que é ajudar o próximo, no caso, os animais”.

Formado por cinco pessoas, incluindo Pauline, o grupo não possui uma sede ou um abrigo, porém cuida de mais de trinta animais, entre cães e gatos. “Só eu já tenho seis gatos sob meus cuidados e todos foram abandonados ainda recém-nascidos na porta de casa. Infelizmente, não podemos cuidar de todos os animais de rua, por isso, precisamos da ajuda das pessoas”, disse Pauline.

A fundadora do grupo ressaltou que, no momento, as maiores necessidades do “Guardiões dos Animais” são financeiras. “Além de precisarmos de pessoas que adotem nossos animais, precisamos de dinheiro para cuidar deles enquanto isso, pois, além de fazermos os resgates, também provemos as vacinas, remédios, cirurgias de castração, entre outras necessidades que o animal possa apresentar”, explicou ela.

Pauline, que cresceu acostumada a ter muito animais de estimação, conta que sempre teve o desejo de ajudar os animais mais necessitados. “Basta olhar para os lados na rua em que você mora, no seu conjunto, que você vai perceber quantos animais estão desabrigados e abandonados à própria sorte. Isso sempre me tocou muito e, certo dia, eu decidi fazer algo em vez de somente sentir pena deles”, contou a criadora.

Para quem quiser ajudar o grupo, doando ou adotando um animal, basta entrar em contato através do telefone (92) 99293-8995. “Quem quiser adotar também pode nos visitar, aos sábados, no Pet Shop Amazon Dog, no bairro dos Franceses, e deve ir munido de CPF, RG e comprovante de residência”, disse ela, ressaltando que o interessado deverá passar por uma breve entrevista.

Sobre o futuro do projeto, Pauline acredita que no poder transformador do “Guardiões dos Animais”. “Somos um grupo limitado, mas acredito que o projeto também está aí para conscientizar as pessoas. Se cada um fizesse sua parte, não teríamos, não somente animais, mas também pessoas, abandonadas nas ruas”, concluiu ela.

Fonte: D24am

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.