Homem acusado de estuprar cadela tem prédio pichado: ‘tarado da cachorra’; vídeo

Homem acusado de estuprar cadela tem prédio pichado: ‘tarado da cachorra’; vídeo

Um homem acusado de estuprar uma cadela no bairro Portal Sudoeste em Campina Grande (PB) teve a fachada do muro onde reside pichada pelos moradores da localidade. Revoltados com o ocorrido, a população escreveu frases na parede em ataque ao homem de 30 anos que foi denunciado neste domingo.

Entenda o caso:

Uma ocorrência no mínimo inusitada foi registrada pela polícia de Campina Grande na noite deste domingo (06) no bairro Portal Sudoeste. Uma dona de casa acionou o Batalhão Ambiental da Polícia Militar para denunciar seu próprio vizinho, que segundo ela, teria sequestrado sua cadela e praticado relações sexuais com o animal dentro do apartamento onde ele mora.

O caso foi denunciado por uma bombeira civil, de 37 anos, que é a proprietária do animal. Ela contou que sua cadela estava presa, e seu vizinho, um homem de 30, teria a levado para dentro do seu apartamento, onde praticou o ato. “Ele levou a cachorra para dentro do apartamento, ligou o som com o volume alto e praticou sexo com a cadela dentro do banheiro. Essa não foi a primeira vez que ele fez isso, em junho deste ano, já havia acontecido isso e o próprio filho dele havia flagrado o ato” comentou a vítima, em depoimento na Central de Polícia Civil de Campina Grande.

O acusado foi detido e encaminhado para delegacia, ele prestou depoimento e negou as acusações. O homem vai responder sobre as acusações em liberdade.

Fonte: Blog do Márcio Rangel / Paraíba.com.br

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.