Homem arranca suas roupas para salvar a cadela de uma estranha de um afogamento

Homem arranca suas roupas para salvar a cadela de uma estranha de um afogamento

Por Stephen Messenger / Tradução de Alice Wehrle Gomide

Em um mundo onde tragédia pode ocorrer a qualquer momento, é reconfortante saber que heróis estão entre nós.

Pergunte para Sara Melnicoff e sua cadela idosa, Carli.

EUA Utah homem roupas cadela

No começo deste mês, enquanto faziam sua caminhada diária à beira de um riacho perto de sua casa em Utah, nos EUA, Melnicoff quase perdeu Carli para sempre. As chuvas recentes e o derretimento da neve transformaram o riacho em uma torrente violenta, então quando Carli foi beber água como de costume, ela perdeu o equilíbrio e foi levada pelas águas.

Melnicoff começou a gritar. Ela correu ao longo da margem do rio enquanto a corrente carregava Carli, mas logo estava muito cansada para continuar.

“Eu pensei que meu cão iria morrer”, ela disse ao The Dodo. “Mas então, quase que do nada, este homem veio correndo na minha direção. Ele viu o que estava acontecendo e agiu imediatamente. Sem hesitar nem nada. Dentro de 30 segundos, ele tinha arrancado suas roupas e pulado na água”.

Lutando contra a correnteza, o homem estava arriscando sua própria vida para salvar o cão de uma estranha – e seus esforços heroicos valeram a pena.

“Ele conseguiu chegar até Carli”, disse Melnicoff. “Ele a pegou e a trouxe para mim”.

EUA Utah homem roupas cadela2

Felizmente, Carli estava assustada, mas sem nenhum ferimento. A primeira coisa que Melnicoff fez foi abraçar o homem que veio resgatar.

“Então eu perguntei seu nome”, ela se lembrou. “Seu nome é Bobby L’Heureux”.

O The Dodo procurou L’Heureux (que, Melnicoff soube, gerencia uma ONG chamada Big Hearts Big Hand, no Colorado), mas ele não estava imediatamente disponível para comentários. Mesmo assim, apesar da gente querer saber sua história, suas ações naquele dia para salvar Carli falam mais do que qualquer palavra poderia – e é por isso que, após seu breve encontro, ele não é mais um estranho para Melnicoff.

 “Ele realmente é uma boa pessoa”, ela disse. “Ele é um ser humano muito bom e gentil”.

Fonte: The Dodo

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.