BA feiradesantana 650x375 cachorros-detidos 1468871 thumb

Homem é acusado de praticar zoofilia e maltratar animais

BA feiradesantana 650x375 cachorros-detidos 1468871

Um homem é acusado de praticar sexo e maltratar animais na rua Concórdia, no bairro São João, em Feira de Santana (a 109 quilômetros de Salvador). De acordo com os moradores, José Adriano Nascimento, que aparenta ter 30 anos, é o suspeito pelos atos criminosos.

A Comissão de Proteção dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) realizou nesta sexta-feira, 28, uma ação de resgate e combate à pratica no local da denúncia, mas não encontrou o suspeito. O acusado foi denunciado por moradores.

Em entrevista ao Portal A TARDE neste sábado, 29, a advogada Carolina Busseni, presidente da Comissão da OAB, informou que encontrou o ambiente em más condições. “A situação era terrível, o local totalmente insalubre, com muito lixo, entulho, plantas, com muito fedor, foco de dengue e com muitos ratos”.

As investigações serão feitas e caso sejam confirmadas, o acusado pode pegar de 3 meses a 1 ano de prisão, segundo a lei 9.605. Se for constatado mortes no local, a pena pode aumentar de um terço a um sexto.

No momento da ação, uma mulher que se apresentou como tutora do suspeito informou que ele possuía problemas mentais. “Continuaremos as investigações para confirmar o distúrbio, mas até o momento ele é considerado um criminoso”, disse a advogada.

Conforme as denúncias, os animais eram pegos no meio da rua e levados para dentro da casa, onde também eram mortos e pendurados com cordas.

Quatro cães e um gato foram resgatados e encaminhados para atendimento veterinário, onde realizam exames clínicos e laboratoriais neste fim de semana. Na segunda-feira, 1º, os animais deverão ser encaminhados para órgão e instituições que irá disponibilizá-los para adoção.

A operação foi realizada em conjunto com as ONGs de Proteção Animal da Bahia, a Associação de Proteção Animal de Feira de Santana, ABPA Portal do Sertão e o Comando da Policia Regional Leste, que colaborou com as investigações.

Fonte: A Tarde

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.