Homem é autuado em mais de R$ 3 mil por manter animais silvestres em cativeiro em Iguape, SP

Homem é autuado em mais de R$ 3 mil por manter animais silvestres em cativeiro em Iguape, SP
Uma ave e um jabuti estavam feridos e precisaram de cuidados (Foto: Diculgação/ Polícia Ambiental)

Equipes da Polícia Militar Ambiental desmancharam um cativeiro de animais silvestres, em Iguape, no Vale do Ribeira. Pelo menos seis aves e um jabuti foram encontrados em gaiolas dentro de uma casa. O responsável pela residência foi autuado em flagrante em mais de R$ 3 mil por crime ambiental.

A descoberta ocorreu durante patrulhamento no bairro do Rocio, informou a polícia nesta terça-feira (25). Ao chegaram na Rua Tucano, altura do número 35, notaram duas aves conhecidas como ‘coleirinhos’ e ‘papa-capim’.

Eles chamaram o responsável pela residência que, indagado sobre a presença de outros animais em cativeiro, permitiu a entrada das equipes para buscas. Lá, foram achados outros dois canários da terra, um pitassilgo, uma maitaca verde e um jabuti.

Todos os animais, que não possuíam autorização para permanecerem em cativeiro, foram apreendidos e encaminhados para a base do 3º pelotão da Polícia Ambiental. A maitaca verde, que tinha lesões em ambos os olhos, foi levada para uma ONG que cuida de animais na região, bem como o jabuti.

Os demais animais em melhores condições foram soltos no Parque Municipal Morro do Espia, em Iguape. O homem foi multado em flagrante por crime ambiental, no valor de R$ 3.500,00, e responderá pelo crime em liberdade.

Fonte: A Tribuna

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.