Homem é condenado por maus-tratos após abandonar cavalo na BR

Homem é condenado por maus-tratos após abandonar cavalo na BR

SC xanxere capa foto 003 medium  grande  grande

Lembra do cavalo, encontrado às margens da BR-282, em setembro de 2013 com uma pata deslocada, parcialmente cego, além de ferido e magro? A Promotoria de Justiça pediu a condenação do tutor do animal por maus-tratos e, esta semana, foi publicada a sentença. Lauri Paulino Schneider foi condenado à pena de quatro meses e dois dias de detenção, em regime semiaberto, por conta da reincidência. O animal, na época, foi resgato pelo Grupo Bem Estar Animal e receber os cuidados do médico veterinário.

De acordo com o Blog das Promotorias, conforme apurado em inquérito policial, no dia 31 de agosto de 2013, Lauri abandonou às margens da Rodovia BR 282, em Xanxerê, um cavalo sem raça definida, que se encontrava gravemente ferido, submetendo-o a maus-tratos.

O animal era tutelado por Lauri Paulino Schneider, e, após avaliação de um médico veterinário, verificou-se que o animal estava cego de um olho, desnutrido e com a pata dianteira quebrada, razão pela qual jamais poderia ter sido abandonado à própria sorte, notadamente às margens de uma rodovia federal.

Fonte: Tudo sobre Xanxerê

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.