Homem é investigado após compartilhar fotos de animais feridos em lutas ilegais

Homem é investigado após compartilhar fotos de animais feridos em lutas ilegais
Foto: Europa Press

Os agentes do Serviço de Proteção a Natureza (Seprona) da Guarda Civil espanhola investigam um homem de 32 anos morador da localidade sevilhana de Carmona suspeito de ser o autor do crime de maus-tratos contra animais após ter compartilhado nas redes sociais fotos de animais feridos após participarem de brigas ilegais que supostamente eram organizadas por ele.

Conforme uma nota divulgada pelo Instituto Armado, várias pessoas de diferentes partes do território espanhol já haviam denunciado o usuário de ter um perfil em uma rede social que se vangloriava de participar e promover brigas de cães e galos, e até mesmo mostrava fotografias de animais gravemente feridos.

Com base nesses fatos, a Guarda Civil começou a sondar nas redes sociais e, apesar do suposto autor mudar constantemente de perfil, os agentes reconheceram que se tratava de um morador de Carmona, maior de idade e que será se investigado por suposto crime de maus-tratos contra animais.

A investigação continua aberta e não se descarta a possibilidade de que possam existir outras pessoas envolvidas nestes delitos.

Tradução de Flavia Luchetti

Fonte: La Informacion 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.