Homem é multado em mais de R$ 10 mil por caça ilegal de tatu em Canápolis, MG

Homem é multado em mais de R$ 10 mil por caça ilegal de tatu em Canápolis, MG
Tatu abatido foi encontrado dentro de caminhonete entre sábado (17) e domingo (18) em Canápolis (Foto: Polícia Militar de Meio Ambiente/Divulgação)

Um homem de 51 anos foi autuado entre a noite deste sábado (17) e a madrugada deste domingo (18) a pagar mais de R$ 10 mil por caça ilegal em Canápolis. Segundo a Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA), ele transportava um tatu abatido.

A polícia informou que o animal da fauna silvestre brasileira foi localizado depois que a equipe de fiscalização parou o motorista de uma caminhonete. O animal foi encontrado no veículo dentro de um saco plástico e limpo, pronto para consumo.

Um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) foi lavrado e o homem terá que comparecer ao Juizado especial Criminal para prestar esclarecimentos.

Conforme a polícia, além do crime ambiental, o consumo de carne de animais silvestres pode causar doenças. A PMMA também informou que a multa aplicada corresponde a 3.200 Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (UFEM)- unidade de referência que é atualizada conforme o valor correspondente em real.

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.