Homem é multado em R$ 3 mil por maus-tratos contra cavalo

Homem é multado em R$ 3 mil por maus-tratos contra cavalo

Policiais ambientais emitiram um auto de infração ambiental com penalidade de multa no valor de R$ 3 mil para um morador de Andradina acusado de maus tratos contra um cavalo, encontrado caído, desnutrido e desidratado.

A Polícia Militar Ambiental, durante patrulhamento em Andradina, foi verificar a denúncia de maus tratos a um cavalo, que segundo o denunciante, estava deitado há dias, sem alimentação e água.

Os policiais encontraram o equino abandonado, totalmente desidratado, desnutrido e exposto a intempéries, ao qual a médica veterinária que compareceu no local e acompanhou a fiscalização atestou os maus tratos.

Devido ao estado do cavalo, foi lavrado um auto de infração ambiental com a penalidade de multa simples no valor de R$ 3 mil, com base no artigo 29 da Resolução SMA 48/14 e no art.32 da Lei 9605/98.

O animal não pôde ser removido do local por conta do estado de saúde precário. Foi medicado e permaneceu depositado ao infrator, que agora responderá por crime ambiental.

Fonte: Folha Região 

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.