Homem é multado em R$ 500 por maus-tratos a mula em Campo Grande, MS

Homem é multado em R$ 500 por maus-tratos a mula em Campo Grande, MS
Uma médica veterinária esteve na casa do morador e atestou que o animal estava ferido, como ainda em situação de maus-tratos

Um morador do bairro Santa Luzia, de 51 anos, foi multado por maus-tratos a uma mula. O flagrante foi feito pela Polícia Militar Ambiental (PMA) de Três Lagoas durante uma operação de fiscalização realizada nos últimos três dias. O homem foi multado em R$ 500 e responderá por crime ambiental, cuja pena prevista é de três meses a um ano de detenção.

De acordo com a PMA, o caso também foi registrado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Uma médica veterinária esteve na casa do morador e atestou que o animal estava ferido, como ainda em situação de maus-tratos. Durante a operação, outros dois casos foram registrados. Na zona rural do município, a equipe autuou um homem de 41 anos por estar realizando uma obra de um parque aquático, em área de matas ciliares às margens do Rio Verde.

Após ser notificado, ele não apresentou a autorização ambiental. O homem mora em Araçatuba, foi autuado administrativamente por degradação de área de preservação e multado em R$ 3 mil O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Preservação e multado em R$ 3 mil. O autuado foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (Prada) junto ao órgão ambiental estadual.

Em Selvíria, os policiais autuaram uma mulher de 29 anos por criação de papagaio sem autorização ambiental. Ela, inclusive, descumpria ordem judicial de devolução do animal. A ave foi apreendida. A mulher responderá pelo crime ambiental de manter animal silvestre em cativeiro sem autorização. A pena para este crime é de seis meses a um ano de detenção e também foi multada administrativamente em R$ 5 mil. A ave será encaminhada ao Centro de Reabilitação de Animais silvestres (Cras).

Fonte: IVI Notícias

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.