Homem é preso 45 vezes atuando como falso veterinário em Tramandaí, RS

Homem é preso 45 vezes atuando como falso veterinário em Tramandaí, RS
Imagem de arquivo meramente ilustrativa (Foto: Shutterstock)

Um homem foi detido pela 45ª vez cometendo o mesmo crime: atuando como falso veterinário.

Segundo o site G1, a mais recente prisão do suspeito aconteceu no sábado, dia 14, em Tramandaí, Rio Grande do Sul. No dia anterior, sexta-feira, 13, ele já havia sido detido em Imbé, no mesmo Estado.

O delegado Tiago Baldin contou ao G1 que o homem identificado como Jonatan Bueno Pacheco, de 31 anos, agia desde 2003 abordando as vítimas de porta em porta, se apresentando como veterinário. Ele aplicava vacinas próprias para bovinos em animais domésticos, como cães.

“Foi preso pela 45ª vez pelo mesmo golpe. Desde 2003 ele é preso pelo mesmo motivo, sendo que é enquadrado por exercício ilegal da profissão, e outras vezes por estelionato”, explicou o delegado, que pediu a prisão preventiva de Jonatan devido ao histórico do suspeito.

Baldin declara ainda que serão investigados os crimes de maus tratos e contra a fauna. “Há 14 anos ele faz isso, tem ocorrências em Santa Maria, Caxias do Sul, Eldorado do Sul, Guaíba, Santa Cruz do Sul, Cidreira, Pinhal Grande(…) pelas datas, deu para perceber que ele costuma atuar no interior no meio do ano, e vem para o Litoral no verão”, destacou o delegado.

Em sua última prisão, Jonatan foi encaminhado ao presídio de Osório, no litoral do Rio Grande do Sul. Até a manhã desta segunda-feira, 16, a Justiça ainda não havia dado uma resposta sobre a prisão preventiva do suspeito.

Fonte: GCN

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.