Homem é preso em Colombo (PR) suspeito de maus-tratos a cães

Homem é preso em Colombo (PR) suspeito de maus-tratos a cães

A Polícia Civil do Paraná parece não dar trégua a quem comete maus-tratos aos animais, crime tipificado na lei de crimes ambientais.

A prisão do homem ocorreu em Colombo, na segunda-feira (8) de outubro. O homem foi levado preso suspeito de maus-tratos a dois cachorros: um Pincher e um Yorkshire.

O que motivou a ação policial foi um vídeo recebido pela Polícia Civil de um sujeito maltratando um dos cães. Ao chegar a residência do suspeito, foi contatado que o local era inapropriado para os animais, além de lhes faltar alimentação.

Conforme o delegado Matheus Laiola, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente. “Nas imagens, fica claro a agressão ao cachorro. Em razão ao recebimento desse vídeo, fizemos diligências e soubemos que esse crime aconteceu em Colombo. Localizamos a casa e, ao chegar no local, os cachorros estavam em situação extremamente precária, principalmente com relação a sujeira.”

A crueldade era tamanha que o cachorro ficava amarrado em fio de televisão. “Nós encontramos o fio de televisão que o cachorro estava amarrado. Questionado sobre o motivo das agressões, ele disse que não gostava do cachorro da raça Pincher. Inclusive ele adquiriu outra raça por conta disso”, conclui o delegado.

Segundo o psiquiatra forense Dr. Guido Palomba, pessoas que maltratam animais possuem grande chance de psicopatia. “Por que pessoas normais não maltratam animais? Por que elas reconhecem que os animais têm sentimentos, que os animais sofrem. Que os animais têm do mundo deles a sua sensibilidade, os seus gostos, as suas dores, os seus desejos. Então, você ignorar tudo isso é ser extremamente insensível. É uma pessoa sem valor ético ou moral, sem valor superior de altruísmo ou de nada. Ele está fazendo o mal e está insensível ao mal que está causando. É uma pessoa que tem uma deformidade de caráter e mostra isso, mas também é uma deformidade do querer, da vontade. Maltratar um animal? Por quê?”, reflete.

Fotos: PC-PR

Fonte: XV Curitiba

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.