Homem é preso em flagrante por maus-tratos a cachorro encontrado por policiais engaiolado sem água e alimento em Adamantina, SP

Homem é preso em flagrante por maus-tratos a cachorro encontrado por policiais engaiolado sem água e alimento em Adamantina, SP
Laudo veterinário constatou maus-tratos a cão em Adamantina. — Foto: Polícia Civil

Um homem de 30 anos foi preso em flagrante por maus-tratos a um cão mestiço da raça pit bull em Adamantina (SP).

De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia da Polícia Civil, policiais militares compareceram a uma residência depois de terem recebido uma denúncia anônima de maus-tratos a animais e no local depararam-se com o cachorro trancado em uma gaiola pequena, nesta segunda-feira (8).

O animal apresentava lesões aparentemente por infestação parasitária do tipo conhecido popularmente como “bicheira” e ainda mau cheiro.

Além disso, segundo o registro policial, o cachorro estava aparentemente muito debilitado, sem água e alimentação disponíveis.

Os policiais localizaram ainda, nas proximidades da residência, no matagal ao lado da linha férrea, uma cadela mestiça da raça boxer com quatro filhotes, em um viveiro.

O proprietário dos animais foi localizado e identificado pelos policiais e o homem alegou que havia prendido o cão na gaiola porque o cachorro costumava fugir.

Diante da situação, os militares deram voz de prisão em flagrante ao envolvido.

Laudo veterinário constatou maus-tratos a cão em Adamantina. — Foto: Polícia Civil

Os animais foram encaminhados a uma clínica, onde um médico veterinário os analisou e emitiu um laudo constatando os maus-tratos no macho.

A equipe do Instituto de Criminalística (IC) esteve no local e realizou os trabalhos de perícia na situação de abandono.

A Polícia Civil também esteve no local, constatou a situação dos maus-tratos e ainda solicitou o resgate dos cães à Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente até a destinação por uma entidade protetora de animais da cidade.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o crime de maus-tratos a cães passou a ser tratado como delito inafiançável pela lei 14.064/2020, de 29 de setembro de 2020, que alterou a lei 9.605/98, e o preso permaneceu na Cadeia de Adamantina no aguardo de eventual remoção ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá (SP).

Laudo veterinário constatou maus-tratos a cão em Adamantina. — Foto: Polícia Civil

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.