Homem é preso por crime contra a fauna silvestre na Região Metropolitana de BH

Um homem de 54 anos foi preso no último domingo (18) em Prudente de Morais, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, por manter em cativeiro aves silvestres sem autorização de órgão ambiental, além de posse de arma ilegal e utilização de anilhas falsificadas.

Militares da Cia de Meio Ambiente abordaram o homem após informações sobre a atuação de um suspeito de adulteração de anilhas na região de Sete Lagoas. Ao verificarem que as características batiam, os militares abordaram o carro onde o homem se encontrava e fizeram a verificação do veículo. Nele, encontraram um pássaro e várias anilhas de forma irregular, bem como ferramentas que podem ser utilizadas para alteração de identificação de aves e R$ 2.822,00 em dinheiro, além de dois dólares.

Com o apoio de uma equipe da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), foi realizada uma busca pela casa do homem, tendo sido encontrados 49 pássaros, todos anilhados, com indícios de terem seus anéis de ID alterados além da confirmação de adulteração de 74 anilhas. No imóvel também foi encontrada uma arma de calibre 22 ilegal.

A Semad também verificou que os pássaros se encontram em nome de terceiros, com endereço diferente do abordado, o que configura cativeiro irregular. Juntamente com todo o material apreendido, os pássaros foram encaminhados para o Ibama, no bairro Lourdes, em Belo Horizonte. O homem foi encaminhado para a Polícia Federal e pode pegar até seis anos de prisão.

Fonte: Hoje em Dia

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.