Homem é preso por espancar cachorra com pedaço de pau em Mogi Guaçu, SP

Homem é preso por espancar cachorra com pedaço de pau em Mogi Guaçu, SP

Na noite de quinta-feira (11), um homem foi preso na zona norte de Mogi Guaçu, acusado de ter espancado uma cachorra, quase até a morte, com várias pauladas. De acordo com os policiais militares cabo Henrique e soldado Luiz, por volta das 20h00, eles foram acionados pelo Copom para atender a uma ocorrência de uma briga doméstica no bairro Santa Terezinha.

Ao chegarem ao endereço da denúncia, eles se depararam com dois jovens que relataram o ocorrido. Segundo o relato de ambos, às 12h00 daquele mesmo dia, eles discutiram com um tio que teria batido em uma cadela que lhes pertencem, com um pedaço de pau. O motivo alegado é que o animal teria invadido a casa do agressor.

Por volta das 19h00, um dos jovens viu o animal se debatendo na rua, como se estivesse convulsionando. Ele acionou a Polícia Militar e os policiais, ao verem o estado da cachorra, pedira ajuda de uma entidade que cuida de animais vítimas de maus-tratos.

A cadela foi levada para um centro médico veterinário, onde os ferimentos foram tratados e a cachorra se recuperou parcialmente, permanecendo internada. O tio e os sobrinhos foram, então, encaminhados à CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde o delegado plantonista, Rubens Melo, ouviu as partes.

Ela acabou por indiciar o tio dos rapazes por maus-tratos a animais, permanecendo o homem preso e à disposição da Justiça. A pena para crimes de agressão contra animais podem chegar de 2 a 5 anos, além de multa e perda da guarda. Também estiveram envolvidos nesta ocorrência o subtenente Dias, cabos Correia, Donizeti, Nathan, Queiroz e soldado Lepri.

Fonte: Portal da Cidade de Mogi Mirim

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.