Homem é preso por maus-tratos a cadela da raça pastor alemão na região de Botucatu, SP

Homem é preso por maus-tratos a cadela da raça pastor alemão na região de Botucatu, SP
Cadela foi avaliada por veterinária e encaminhada para adoção responsável. Polícia Civil/Divulgação

Homem de 27 anos foi preso em flagrante, no fim da tarde desta segunda (13), no residencial Nunes, em Itatinga (120 quilômetros de Bauru), suspeito de maus-tratos a cadela da raça pastor alemão, que foi encontrada por policiais civis da Delegacia da cidade bastante magra, e sem água e comida.

Após receberem denúncia informando que o animal estaria vivendo em condições precárias, os policiais verificaram que diligências já haviam sido feitas no endereço, há alguns meses, pelo mesmo motivo.

Na ocasião, segundo a Polícia Civil, o tutor foi ouvido e orientado, comprometendo-se a dar melhores condições de vida à cadela, inclusive a construir uma área coberta para ela se proteger do sol e chuva.

Porém, na vistoria desta segunda-feira, a equipe constatou que o animal seguia em um espaço bastante pequeno, sem alimentação e sem água, e estava extremamente magro, com os ossos evidenciados.

O tutor da cadela alegou que a ração havia acabado hoje e que não havia providenciado uma casa para ela por falta de condições financeiras. Ao receber ração, segundo a polícia, o animal comeu tudo rapidamente, aparentando estar passando fome há bastante tempo.

Após a confirmação da situação de maus-tratos por veterinária que presta serviços ao abrigo municipal, o homem foi autuado em flagrante e ficou à disposição da Justiça. Já a cadela foi encaminhada para adoção responsável.

Por Lilian Grasiela

Fonte: Sampi