Delegacia Regional de Picos — Foto: Portal Riachão Net

Homem é preso suspeito de promover rinha de galos em Picos, PI

Um homem foi preso após a Polícia Militar descobrir um local onde funcionava uma rinha de galos na cidade Picos, a 321 km de Teresina. Quinze animais que eram usados nas rinhas foram resgatados. Segundo a PM, pelo menos dois galos apresentavam lesões graves nos olhos, causadas pelas lutas.

O local foi descoberto depois que a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima informando que estaria ocorrendo a rinha de galo na manhã de domingo (1). Ao chegar ao local, o evento havia terminado. O dono da rinha, identificado como Erick Tadeu de Sousa, foi preso suspeito pelo crime de maus tratos aos animais.

Foram encontrados dois galos soltos e outros 13 presos em caixas de papelão. Segundo a PM, o suspeito preso afirmou ser o dono dos animais. Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Picos.

Os animais passaram por uma perícia, que constatou que dois deles tinham ferimentos profundos nos olhos, e que haviam perdido a visão. Outros quatro apresentavam cortes na região da cabeça, também causados pelas lutas entre os animais.

No local havia ainda uma estrutura semelhante a um ringue, onde aconteciam as lutas. A estrutura foi destruída, para evitar que o crime continuasse ocorrendo.

Por Andrê Nascimento, G1 PI

Fonte: G1

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.