AC Cruzeiro do Sul Homem caça animais

Homem é suspeito de maltratar e filmar morte de animais silvestres

Aparelho tinha fotos de outros animais que teriam sido mortos pelo homem. Cinco pessoas foram presas em Cruzeiro do Sul, interior do Acre.

Por Aldecimar Carvalho

Denunciado por perturbação da paz, o autônomo Rosenir Bezerra de Oliveira, de 22 anos, pode responder por crimes ambientais. Segundo a Polícia Civil de Cruzeiro do Sul, no celular dele foi encontrado um vídeo que mostra uma caçada a um tamanduá-bandeira, animal ameaçado de extinção.

A polícia conta ainda que o suspeito maltratava os animais e ainda filmava a crueldade do ato em aparelhos celulares.

O suspeito, que não quis comentar o caso, foi preso na última terça-feira (24) junto com outras quatro pessoas em uma casa no bairro Telégrafo. O grupo foi denunciado por vizinhos que alegavam perturbação de tranquilidade. De acordo com o delegado Luis Tonini, com eles foram encontrados alguns aparelhos celulares que, inclusive, podem ser produtos de furto.

Filhote de onça criado como gato por família no AC é resgatado pela polícia
Ao verificar o aparelho de Oliveira, os agentes encontraram imagens de pacas, tamanduás, cobras e outro animais silvestres que teriam sido mortos por ele.

“Haviam fotos e vídeos de maus-tratos a animais silvestres. Ele saia para caçar animais em extinção. Não satisfeito com as caças, ele maltratava os animais até a morte. Em um vídeo, ele aparece golpeando um tamanduá-bandeira e atiçava cachorros no animal”, conta o delegado.

Tonini diz ainda que o suspeito confessou o crime. “Ele afirmou que seria para sua proteção pessoal. Há imagens de animais ainda pequenos. Acho que ele matava os tamanduás para comercializar as pinças das patas dos animais”, especula.

Apesar das evidências, o autônomo deve responder em liberdade após assinar um termo circunstanciado de ocorrência.

Fonte: G1

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião do Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.