Homem entra em lixeira para salvar bebês corujas abandonados

Homem entra em lixeira para salvar bebês corujas abandonados

Por Zainab Akande / Tradução de Carla Lorenzatti Venturini

Dois bebês corujas se encontravam na semana passada em um lugar que nenhum animal merece viver – o lixo.

Com apenas 5 semanas de idade, eles eram incapazes de voar para fora. Não havia um ninho ou uma mãe coruja à vista.

EUA Arizona homem lixeira coruja2

Mas alguém os viu e percebeu que eles precisavam de ajuda – então contataram o Departamento de Polícia de Phoenix, no Arizona, para ajudar.

Por sua vez, o departamento de polícia contatou o serviço de resgate de emergência da  Arizona Humane Society (Sociedade Humanitária do Arizona – AHS).

EUA Arizona homem lixeira coruja3

Andy Gallo, da AHS, chegou ao local e, sem hesitar, entrou na lixeira para retirar as jovens corujas.

EUA Arizona homem lixeira coruja4

Já que as corujas pareciam estar em boa saúde, é mais do que provável que alguém as tenha abandonado de propósito, contou Bretta Nelson, gerente de relações públicas da AHS, ao The Dodo. “Mas, infelizmente, é improvável que iremos descobrir quem fez isso.”

“É importante que as pessoas saibam que, caso elas não possam mais cuidar dos seus animais ou testemunhem casos suspeitos de crueldade ou negligência animal, elas devem pedir ajuda,” ela disse.

EUA Arizona homem lixeira coruja5

Os dois bebês coruja agora estão sob os cuidados da organização parceira da AHS, a Wild at Heart Raptors (Aves de Rapina Selvagens no Coração), um centro de resgate, reabilitação e libertação.

Quer ajudar a Arizona Humane Society ou a Wild at Heart Raptors a continuarem fazendo a diferença na vida dos animais? Considere fazer uma doação aqui e aqui.

Fonte: The Dodo

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.