Homem “eternamente agradecido” ao gorila que salvou sua vida quando criança

Homem “eternamente agradecido” ao gorila que salvou sua vida quando criança

Por Stephen Messenger / Tradução de Pâmela Miler

Trinta anos atrás, aconteceu algo que ajudou a mudar a percepção do público com relação aos gorilas – um evento que provou que eles também têm coração.

ReinoUnido homem agradecido gorila

Em 1986, enquanto visitava o zoológico de Jersey no Reino Unido, um menino de 5 anos chamado Levan Merritt caiu de uma altura de quase quatro metros dentro do recinto do gorila e ficou inconsciente com uma fratura no crânio. A multidão, entretanto, ficou desesperada uma vez que os gorilas começaram a se aproximar da criança, com medo que pudessem machucá-lo ainda mais.

O que eles não podiam imaginar é que Levan teria um protetor: um gorila das costas prateadas chamado Jambo.

“As pessoas olhavam horrorizadas enquanto Nandi, um gorila fêmea e seu filhotes iam em direção a Levan”, relembra Brian de Lion, que filmou o incidente dramático. “Jambo a seguiu de perto. Assim que Nandi se aproximou de Levan, Jambo se colocou entre eles como quem diz ‘Não o toque!’”.

Conforme pode ser visto no vídeo acima, Merrit foi resgatado com segurança, mas a filmagem mostrando o comportamento gentil de Jambo rapidamente se espalhou, assim como a nova forma de pensar sobre sua espécie.

“Eu não poderia imaginar como o vídeo poderia mudar a percepção do público em relação a esta espécie, dissipando a teoria do ‘King Kong’,” Le Lion escreveu posteriormente.

ReinoUnido homem agradecido gorila2

No ano seguinte, Jambo foi homenageado com um memorial comemorativo das suas ações representadas naquelas imagens – deixando para trás um legado que já ultrapassou a sua morte em 1992. Mas existe uma pessoa para a qual o gesto amável do animal será sempre mais que um conceito.

O  Mail Online recentemente conversou com Levan Merritt, hoje pai, cuja vida em algum aspecto se deve ao coração gentil de um gorila. Isto, ele diz, é algo que ele nunca irá esquecer.

“Serei eternamente grato ao Jambo, como obviamente poderia ter sido de uma forma ou de outra”, Merritt disse. “Foi incrível a forma como ele me protegeu.”

Fonte: The Dodo

Mais notícias

{module [427]}

{module [425]}

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.