Homem flagrado fazendo sexo com cadela é preso em Andradina, SP

Homem flagrado fazendo sexo com cadela é preso em Andradina, SP

Um homem do bairro Santa Cecília, em Andradina, foi preso em flagrante na tarde desta sexta-feira, 27, acusado de abusar de sua cachorra, sem raça definida, mas acabou liberado e vai responder o crime em liberdade. A zoofilia é considerada crime no Brasil.Atualmente, a Lei de Crimes Ambientais prevê detenção de três meses a um ano, e multa para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.

L. foi surpreendido pela PM e bombeiros a partir de denúncias transmitidas por vizinhos à APAAR [Associação Protetora de Animais de Andradina] e no instante da abordagem fazia sexo com o animal.

Enquanto o sujeito foi levado à delegacia para ser interrogado, a cadela era encaminhada a uma clínica veterinária, onde se constatou indícios do abuso, além de outras doenças que necessitarão ser tratadas com urgência, como TVT [tumores venéreos transmissíveis].

Segundo a APAAR, é provável que haja a necessidade de exame de DNA Espermático (depende de confirmação jurídica), feito fora da cidade. Para tratar o animal dos tumores, que envolverá uma espécie de quimioterapia, despesa com consulta, medicamentos e ração de qualidade, a entidade apela por ajuda financeira da comunidade.

A associação orienta os interessados em ajudar a tratar diretamente na empresa Clinicão, através de voluntários ou pela página do “face” da própria entidade via in box. Em breve os responsáveis divulgarão notícias da cachorra e os custos do atendimento veterinário inicial.
“Por favor, nos ajude a dar dignidade a esse anjo que jamais deveria estar passando por essa agressão. Ela vai precisar de um lar que possa transformar sua vida preciosa”, apela a APAAR em nota na rede social.

Agradecimentos

A direção da associação agradece o trabalho dos PM Cristiano, Márcio, Vitório, Gula e Batista, sargento bombeiros Gâmbaro e equipe, os autores da denúncia por não aceitar um absurdo desses e aos voluntários, que apesar de tantos problemas enfrentados não desistem de lutar pela causa.

Segundo a entidade, neste sábado o médico veterinário Aziz Abdelnour, que atendeu o animal, dará laudo mais detalhado sobre o caso.

Após ser flagrado, home foi pegado à Delegacia pela Polícia Militar (Foto: Reprodução/Hoje Mais Andradina).

Fonte: Site Hoje Mais / Siga Mais

Os comentários abaixo não expressam a opinião da ONG Olhar Animal e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.